Corinthians topa assumir custo de Sidcley, mas já não descarta plano B

Tiago Salazar - São Paulo,SP

17-12-2019 05:15:19

A contratação de Luan não fez o Corinthians diminuir o ritmo no mercado. Cantillo é outro que está próximo de se tornar reforço do Timão para 2020, e o clube também segue atrás de um lateral esquerdo.

A bola da vez é Sidcley. Pelo menos, por enquanto. Isso porque não está fácil negociar com os dirigentes do Dínamo de Kiev. E o Corinthians não tem tempo a perder.

Pelo Corinthians, Sidcley fez 28 jogos, marcou 3 gols e conquistou o Paulistão de 2018(Foto: © Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians)

A Gazeta Esportiva apurou que o clube do Parque São Jorge está disposto a assumir todo o custo de Sidcley, campeão paulista de 2018 com a camisa alvinegra, no emblemático título dentro do Allianz Parque.

Salário acertado
Na Ucrânia, Sidcley recebe salário e o famoso ‘bicho’ – premiação por vitórias nos jogos - como adicional. Tudo livre de impostos. O valor, que a reportagem prefere não revelar, está abaixo do teto corintiano.

O jogador de 26 anos já deixou claro que deseja voltar ao Brasil. A distância da filha, que mora com a mãe em Curitiba, e a dificuldade para se comunicar pesam na decisão. A preferência de Sidcley é o Corinthians.

Falta convencer os ucranianos, que primeiramente pretendiam conversar apenas sobre uma venda do atleta. A opção foi descartada de cara pelo Corinthians, que fez proposta para ter o atleta por empréstimo.


Obstáculo
O entrave é justamente este. O Dínamo até topa liberar Sidcley por empréstimo, desde que mediante a uma compensação financeira. O Corinthians, que não fala em ter de dividir o custo mensal, se recusa a ter de pegar para ter o lateral nessa condição de empréstimo.

Diante desse cenário, a negociação esfriou. Tanto Corinthians quanto Sidcley trabalham para o convencimento do Dínamo. O otimismo, porém, não é dos maiores. O atual contrato entre o clube e o jogador com validade até 2023 dificulta uma atitude mais enérgica do atleta.

Contra o relógio
Sidcley pode ser preterido pelo plano B – de nome ainda não revelado –, já que a Tiago Nunes deu três opções, em ordem de preferência, à diretoria corintiana para cada posição que entende ter a necessidade de uma contratação.

O Corinthians, apesar de ainda não ter desistido do negócio, trabalha para entregar o elenco ao seu novo técnico o mais pronto possível já na pré-temporada. O fato da equipe ter uma decisão de mata-mata pela Libertadores no início de fevereiro preocupa e acelera o planejamento para 2020. O tempo corre contra Sidcley.

 

Deixe seu comentário


×
Quer receber notícias do Corinthians?