Lutas

O judô masculino do Brasil vai voltar com cinco medalhas da Europa na bagagem. Isso porque, neste domingo, mais três atletas conseguiram subir ao pódio do Aberto de Varsóvia, na Polônia. Leandro Guilheiro (81kg) e Rafael Buzacarini (100kg) levaram a prata, enquanto Walter Santos (+ 100kg) ficou com o bronze. Sendo assim, a Seleção encerra sua participação com três bronzes e duas pratas. No sábado, Alex Pombo (73 kg) e Eric Takabatake (60 kg) conquistaram dois terceiros lugares para o País.

O sábado de 28 de fevereiro de 2015 rendeu ao judô brasileiro quatro medalhas, nos Abertos Europeus de Praga, disputado entre as mulheres, e Varsóvia, masculino. Alex Pombo (73kg), Eric Takabatake (60kg), Rochele Nunes (+78kg) e Samanta Soares (78kg) subiram ao pódio. Neste domingo, mais seis atletas entram no tatame para o último dia de competições na Polônia.

Os judocas Charles Chibana e Mayra Aguiar receberam boas notícias esta semana. O meio leve e a meio pesado voltaram à liderança de suas categorias no ranking mundial de judô após a adição dos resultados do Grand Prix de Dusseldorf e a redução dos pontos do GP da Alemanha de 2014 pela metade. Apenas o Brasil, a Mongólia e a Geórgia possuem dois atletas no topo de suas categorias.

O Brasil teve dois representantes no bloco final do segundo dia do Grand Prix de Dusseldorf, competição que abre o calendário da Federação Internacional de Judô (FIJ). Neste sábado, Marcelo Contini (73kg) e Mariana Silva (63kg) chegaram à disputa do bronze, mas acabaram superados e ficaram na quinta colocação.

O Brasil teve um bom início no Grand Prix de Dusseldorf, na Alemanha, primeiro evento do Circuito Mundial de judô, nesta sexta-feira. No primeiro dia de competições, a delegação conquistou duas medalhas, sendo uma de ouro, obtida por Rafaela Silva.

Os atletas que integram a Seleção Brasileira de judô embarcam nesta terça-feira para a Alemanha, onde disputam no fim de semana o Grand Prix de Dusseldorf. A competição é a abertura do circuito mundial da Federação Internacional de Judô (FIJ), que contará com outros 11 GPs. Em 2014, foram cinco medalhas para o País.

O judoca Rafael Silva voltou à liderança do ranking mundial na categoria pesos-pesados (+100kg). Na atualização da lista, divulgada pela Federação Internacional de Judô (IJF, na sigla em inglês) nesta semana, o brasileiro aparece com 2.252 pontos, apenas dois à frente do heptacampeão mundial e olímpico, o francês Teddy Riner.

O Brasil não foi páreo para a Seleção do Mundo no Desafio Internacional, realizado em Saquarema, no Rio de Janeiro, na manhã desta quarta-feira. O time internacional, contando com a campeã olímpica e mundial, a norte-americana Kayla Harrison, venceu a jovem equipe brasileira por 4 a 1, no ginásio do CDV.

Nos próximos dez dias, a cidade de Saquarema, na Região dos Lagos do Rio de Janeiro, será palco do Treinamento Internacional de Campo dos judocas mundiais. O evento foi organizado pela Confederação Brasileira de Judô em parceria com o Comitê Olímpico do Brasil. Serão 12 países dividindo os tatames, concentrados no Centro de Desenvolvimento de Voleibol até o dia 7 de fevereiro.

Os judocas brasileiros estão exaltando o alto nível técnico do Treinamento Internacional de Campo que acontecerá em Saquarema a partir do dia 27 de janeiro. Entre os cerca de 200 atletas inscritos no camping, estarão presentes 22 que ocupam as três primeiras posições de suas respectivas categorias, além de seis esportistas que lideram o ranking mundial.

Mais na web