Basquete/LBF

Ricardo Molina celebra acordo com a TV Gazeta, emissora oficial da LBF

Marcelo Baseggio - São Paulo , SP
14/12/2017 11:36:27 — 14/12/2017 18:06:24

Em: Basquete, LBF, Mais Esportes

Uma das grandes novidades da temporada 2018 da Liga de Basquete Feminino (LBF) é a transmissão de partidas na TV aberta. Aos domingos, às 15h (de Brasília), os fãs da modalidade poderão acompanhar as disputas na TV Gazeta, emissora oficial da competição. O anúncio foi feito pelo presidente da LBF, Ricardo Molina, em evento no centro de São Paulo.

“A TV Gazeta conseguiu fazer o que eu acho mais importante na transmissão, que é fidelizar horário. Sempre tive uma briga muito forte com as emissoras, que era o horário do jogo. Existe um mundo de basqueteiros. Se tiver um jogo de basquete às 3h da manhã, o basqueteiro vai assistir”, disse Molina à Gazeta Esportiva.

Além de tornarem mais acessível o acompanhamento da temporada aos fãs de basquete, as transmissões na TV aberta também deverão promover o esporte a ponto de causar interesse naqueles que jamais optaram por praticá-lo. Crendo no potencial da mídia para democratizar a modalidade, o presidente Ricardo Molina não escondeu o otimismo.

“Existe aquelas pessoas que precisamos conhecer o basquete, até para poder apresentar para as crianças. Quando existe uma grade fixa, é formidável. Eu sei que todo domingo eu vou ligar a TV e vou assistir a um basquete feminino. É uma ação estratégica que faz com que muitas pessoas que nunca assistiram basquete o procurem”, completou o dirigente.

Veja mais:

Kelly ajuda a montar time e inclui Ituano entre os favoritos da LBF

LBF firma parceria com Unicamp por estudos e possível diminuição do aro

Alessandra lamenta fracasso da Seleção e concorrência do vôlei

Além das partidas que serão televisionadas pela Gazeta, os fãs do esporte também poderão acompanhas os confrontos nas transmissões pela internet. Somente os jogos da TV aberta não serão disponibilizados na web.

Essa será a oitava edição da Liga de Basquete Feminino. Contando com nove equipes, os organizadores esperam pela temporada mais equilibrada de todos os tempos. Ao todo são quatro estreantes: Campinas, Catanduva, Ituano e São Bernardo.