Confira os valores envolvidos na negociação de Pato com o São Paulo

José Victor Ligero e Marcelo Baseggio - São Paulo,SP

27-03-2019 18:57:41

O São Paulo anunciou nesta quarta-feira o retorno de Alexandre Pato. Com contrato válido até o fim de 2022, ele chega ao Morumbi como primeiro reforço do técnico Cuca, que deu o aval para que as tratativas acontecessem. Com status de estrela, o atacante receberá em seus três anos e nove meses de vínculo com o Tricolor nada mais, nada menos que 8 milhões de euros (R$ 35,9 milhões).

Neste primeiro ano, Pato terá vencimentos na casa dos R$ 300 mil. A saída de Diego Souza para o Botafogo facilitou a vida do São Paulo para que ocorresse essa engenharia financeira. A partir de 2020, o novo reforço tricolor passará a ter um salário mais generoso. Além disso, o clube também se dispôs a ressarcir o atacante, que tirou do próprio bolso 2,5 milhões de euros (R$ 11 milhões) para rescindir com o Tianjin Tianhai, da China.

Dos R$ 35,9 milhões que serão gastos pelo São Paulo para contar com o futebol de Alexandre Pato, 5,6% serão destinados a empresários e intermediários como comissão, ou seja, R$ 2 milhões.


Contratado pelo Tianjin Tianhai no início de 2017, Alexandre Pato chegou à China para ganhar o 11º maior salário entre os jogadores de futebol do país. Os vencimentos do atacante no Oriente giravam em torno de R$ 3,6 milhões, algo impensável para os padrões do futebol brasileiro.

Ciente de que teria de reduzir consideravelmente seu salário para retornar ao Brasil, Pato esteve próximo do Palmeiras em diversos momentos da longa “novela” que protagonizou. Nos bastidores do São Paulo o retorno do jogador era tratado, inclusive, com certo pessimismo. O que ninguém imaginava era que, e última hora, o clube faria uma nova proposta capaz de convencer o jogador.

Em sua primeira passagem, emprestado pelo Corinthians, Pato atuou em 101 partidas, balançando as redes 38 vezes. Ao lado de Luis Fabiano, Alan Kardec, Ganso, Kaká e companhia ajudou o São Paulo a ficar com o vice-campeonato brasileiro de 2014.

Deixe seu comentário


×
Quer receber notícias do São Paulo?