Futebol/Campeonato Brasileiro

Deyverson faz primeiro gol e Verdão vence o Avaí antes de ‘retiro’

Bruno Calió - São Paulo , SP
29/07/2017 20:50:35 — 29/07/2017 22:36:34

Em: Avaí, Brasileiro Série A, Futebol, Palmeiras
Deyverson fez seu primeiro gol pelo Palmeiras (Foto: Sergio Barzaghi/Gazeta Press)

O Palmeiras venceu com tranquilidade o Avaí neste sábado, no Palestra Itália. Com gols de Dudu e Deyverson, que anotou seu primeiro pelo clube, o Verdão fez 2 a 0 no Leão antes do ‘retiro’ em Atibaia, onde Cuca levará os principais jogadores para treinar focado na Copa Libertadores.

O Alviverde entrou em campo determinado a deixar para trás o gosto amargo da eliminação contra o Cruzeiro na Copa do Brasil. Desde o primeiro minuto, a equipe trabalhava bem a bola, mas pecava no último passe antes de concluir a jogada.

Aos dez minutos, porém, quando a equipe da casa já somava mais de 75% de posse de bola, Dudu não precisou do toque final para abrir o placar. Após receber de Guerra, o capitão limpou a marcação e bateu de pé direito da entrada da área para vencer o goleiro Douglas.

O Avaí só conseguiu a primeira finalização aos 21 minutos, e o Palmeiras controlava as ações da partida com Guerra e Dudu dominando o meio-campo. O venezuelano, porém, pediu substituição e o Leão cresceu no jogo, mas sem conseguir furar o bloqueio alviverde, que se fechava muito bem.

Dudu abriu o placar (Foto: Sergio Barzaghi/GazetaPress)

O Palmeiras retomou a superioridade aos 34 minutos, quando ampliou o placar. Em linda triangulação no meio-campo, Róger Guedes, Bruno Henrique e Raphael Veiga trocaram passes até o meio-campista rolar para o camisa 16, que girou e bateu cruzado para anotar seu primeiro gol pelo Verdão.

Na etapa final, apesar de estar com um jogador a mais devido a expulsão de Juan, que recebeu o cartão vermelho no final do primeiro tempo por reclamação, o Palestra diminuiu o ritmo. Com mais espaço, os mandantes assustaram em chutes de Jean e Mayke, além de uma cabeçada de Edu Dracena, e administraram o resultado.

Com o resultado, o Palmeiras subiu parcialmente para a quarta colocação do Campeonato Brasileiro com 29 pontos ganhos, ultrapassando o Flamengo, que soma 28. Já o Avaí segue na zona de rebaixamento com apenas 17 pontos.

Leia mais:

Torcida grita o nome de Egídio, mas Cuca vê misto de ironia

Dudu lamenta caso Felipe Melo, mas vê decisão da diretoria

Cuca nega indisciplina e explica caso Felipe Melo: “Não aceitaria reserva”

Deyverson celebra gol e recebe os parabéns de Felipe Melo

Na próxima rodada, o Palmeiras vai ao Rio de Janeiro para encarar o Botafogo, quarta-feira, às 21h45 (de Brasília), no Nilton Santos. Pela Libertadores, o confronto de volta das oitavas de final contra o Barcelona de Guaiaquil está marcado para o dia 9 de agosto. Já o Avaí visita o Atlético-PR, quinta-feira, às 19h30, na Arena da Baixada.

O JOGO

Com 75% de posse de bola, o Palmeiras não demorou a abrir o placar. Aos dez minutos, Dudu recebeu de Guerra na entrada da área, limpou a marcação e bateu firme de pé direito. A bola quicou na frente de Douglas e a torcida pôde celebrar no Palestra Itália.

O Avaí conseguiu a primeira finalização aos 21 minutos, quando Wellington Simião bateu colocado, no canto direito de Jailson, mas mandou para fora. Logo em seguida, o Verdão respondeu com Guerra, que arriscou de longe e levou perigo.

O Avaí tentou esboçar uma pressão, mas o Palmeiras se defendeu bem em seu campo e ampliou a vantagem aos 34 minutos. Em linda triangulação no meio-campo, Róger Guedes, Bruno Henrique e Raphael Veiga trocaram passes até o meio-campista rolar para o camisa 16, que girou e bateu cruzado para anotar seu primeiro gol pelo Verdão.

Antes do intervalo, o Avaí ainda viu sua situação complicar ainda mais quando Juan foi expulso. O meio-campista fez falta em Dudu e recebeu o cartão amarelo por reclamação, mas seguiu protestando, foi expulso e precisou ser contido pelos companheiros.

Mesmo com um a menos, o Avaí conseguiu mais chutes na segunda etapa do que nos primeiros 45 minutos. Aos quatro, Joel puxou contra-ataque, ganhou de Mayke e bateu colocado, levando muito perigo ao gol de Jailson.

O camaronês assustou de novo aos 12, quando, de fora da área, dominou no peito e fez o giro com um sem-pulo, mandando uma bomba defendida por Jailson.

FICHA TÉCNICA
PALMEIRAS 2 X 0 AVAÍ

Local: Estádio Palestra Itália, em São Paulo
Data: 29 de julho, sábado
Horário: 19 horas
Árbitro: Anderson Daronco (FIFA)
Assistentes: Rafael da Silva Alves e Elio Nepomuceno de Andrade Junior
Público: 33.633 torcedores
Renda: R$ 2.139.243,95

Cartões amarelos: Deyverson (PALMEIRAS); Joel (AVAÍ)
Cartão vermelho: 
Juan (dois amarelos) (AVAÍ)

GOLS:
PALMEIRAS: Dudu, aos dez, e Deyverson aos 34 minutos do primeiro tempo

PALMEIRAS: Jailson; Mayke, Yerry Mina (Edu Dracena), Luan e Egídio; Bruno Henrique e Jean; Róger Guedes (Keno), Guerra (Raphael Veiga) e Dudu; Deyverson
Técnico: Cuca

AVAÍ: Douglas; Leandro Silva, Fagner Alemão, Betão e Capa; Judson, Simião (Diego Tavares), Pedro Castro e Juan; Junior Dutra (Maurinho) e Joel (Rômulo)
Técnico: Claudinei Oliveira




×
Quer receber notícias do Palmeiras?