Lutas

O judô brasileiro encerrou sua participação no Aberto Pan-Americano de San Salvador, na capital de El salvador, em segundo lugar. No último domingo, dois dos três brasileiros que foram ao tatame subiram ao pódio, com destaque para a meio-pesado (78kg) Samanta Soares, que conquistou a medalha de ouro. Eduardo Bettoni (90kg) também foi à final, mas ficou com a prata.

Enquanto parte da seleção brasileira de judô já está concentrada para a disputa dos Jogos Pan-Americanos de Toronto, no Canadá, outros atletas se preparam para participar do Aberto Pan-Americano de El Salvador. A competição será disputada neste final de semana em San Salvador e já tem a participação do paranaense Eduardo Bettoni confirmada.

A Seleção Brasileira de judô foi convocada nesta quinta-feira para a disputa do Mundial de Astana, no Cazaquistão, realizado entre os dias 24 e 30 de agosto. A lista tem os principais atletas do País, como as campeãs mundiais Rafaela Silva e Mayra Aguiar, além de Sarah Menezes, medalhista de ouro em Londres 2012.

Os 14 judocas que representarão o Brasil nos Jogos Pan-Americanos de Toronto se apresentaram para a comissão técnica na manhã desta quinta-feira. Hospedados em Mangaratiba, no Rio de Janeiro, os atletas ficam na cidade até o dia 2 de julho, quando a delegação verde-amarela embarca para o Canadá. Nesse período de concentração, os atletas serão submetidos a uma rotina de treinamentos diários na estrutura móvel montada em um hotel da cidade. Ney Wilson, gestor de alto rendimento da Confederação Brasileira de Judô (CBJ), projetou a preparação da equipe.

Responsável por conquistar a primeira medalha olímpica brasileira no judô, Rafael Silva sofreu uma lesão no tendão do músculo peitoral durante um treino de força no início da semana e está fora dos Jogos Pan-Americanos de Toronto. O judoca paranaense vai começar o tratamento no dia 30 de junho e vai se recuperar a tempo para a disputa. Em seu lugar, foi convocado o mato-grossense David Moura.

Enquanto aguarda mais um ano para disputar os Jogos Olímpicos de 2016 no Rio de Janeiro, a judoca Mayra Aguiar comemora o Dia Olímpico às vésperas dos Jogos Pan-Americanos de Toronto, no Canadá. Convocada para integrar a seleção que representará o judô na competição, a atleta ressalta os valores que devem ser difundidos através do esporte.

O Brasil teve um grande desempenho nesta segunda-feira e ficou com a vitória sobre a Colômbia no duelo válido pelo Super Desafio BRA de judô, sediado no ginásio do Centro Multiuso, em São José (SC). Os atletas brasileiros foram superiores aos rivais e triunfaram pelo placar de 4 a 1.

As seleções de judô de Brasil e Colômbia, que se enfrentarão nesta segunda-feira no Super Desafio BRA estão em São José, Santa Catarina, local onde será realizada a competição. Neste domingo, uma atividade no tatame finalizou a preparação das equipes para a disputa.

A cidade-sede dos Jogos Olímpicos de 2016 receberá a seleção principal masculina de judô do Japão no próximo mês. A equipe desembarca no Rio de Janeiro para realizar um período de treinos entre os dias 9 e 11 de julho com o intuito de fazer uma rápida adaptação ao local.

Como forma de preparação para os Jogos Pan-Americanos de Toronto, no Canadá, a seleção brasileira de judô acertou um amistoso com a equipe colombiana para a próxima segunda-feira, na cidade de São José-SC. Atuais campeões do Troféu Brasil em suas categorias e candidatos a uma vaga para os Jogos Olímpicos de 2016, Alex Pombo (-73kg), Eduardo Bettoni (-90kg),Tamires Crude(-57kg), Eric Takabatake (-60kg) e Maira Portela(-70kg) foram os atletas convocados.

Mais na web