Lutas

O judô brasileiro não ganhou medalhas neste sábado, o segundo dia de competições do Grand Slam de Baku, no Azerbaijão. Ketleyn Quadros (63kg) e Maria Portela (70kg) foram as atletas que mais chegaram perto do feito, porém perderam a disputa pelo bronze e terminaram com o quinto lugar, somando mais 100 pontos para o ranking mundial.

A equipe brasileira começou bem o Grand Slam de Baku, no Azerbaijão, de judô. Nesta sexta-feira, primeiro dia de disputas, Érika Miranda conquistou a medalha de ouro na categoria meio-leve (até 52kg), derrotando na decisão a romena Andreea Chitu com um ippon.

O Brasil não teve um bom desempenho neste sábado no Grand Prix de judô de Zagreb, na Croácia. Os três judocas que representaram o país no dia não conseguiram chegar à disputa por medalhas na competição.

Após o ótimo desempenho no Campeonato Pan-Americano de Edmonton (Canadá), onde conquistou 18 medalhas, o judô brasileiro foca na disputa do Grand Prix de Zagreb, na Croácia, no próximo final de semana (de 1 a 3 de maio). Como a delegação que esteve em Edmonton só retorna ao país nesta segunda, o Brasil será representado por quem não esteve representando a seleção no Pan-Americano.

A Seleção Brasileira de judô foi campeã geral do Pan-Americano de Edmonton, no Canadá, realizado no último fim de semana. Somando 17 medalhas no total, sendo nove de ouro, sete de prata e uma de bronze, a equipe superou a campanha da última temporada em Guayaquil, no Equador, quando faturou sete ouros, quatro pratas e cinco bronzes, além das próprias expectativas da Confederação Brasileira de Judô (CBJ), cuja projeção era ter 14 atletas no pódio. Participando da competição pela segunda vez, o paulista Alex Pombo, da categoria -73kg, se destacou ao conquistar duas medalhas de ouro, uma no individual e outra na prova por equipes.

O judô brasileiro é campeão das Américas. Disputando o Campeonato Pan-Americano de Edmonton, no Canadá, a equipe verde-amarela faturou 17 medalhas, sendo nove ouros, sete pratas e um bronze, e se sagrou campeã geral do torneio, que serve como preparação para os Jogos Pan-Americanos de Toronto 2015, em julho deste ano.

A delegação brasileira estreou bem no Campeonato Pan-Americano de judô, em Edmonton, no Canadá. Nesta sexta-feira, os judocas do Brasil conquistados quatro medalhas de ouro, quatro de prata e uma de bronze.

A judoca Ketleyn Quadros segue se preparando para tentar uma vaga nos Jogos Olímpicos do Rio em 2016. Agora na categoria meio-médio (até 63 kg), a brasiliense estreia, nesta sexta-feira, no Campeonato Pan-Americano de judô em Edmonton, Canadá.

A equipe brasileira enfrentou 14 horas de viagem até a cidade de Edmonton, no Canadá, mas já está na sede do Campeonato Pan-Americano de judô. A delegação nacional, de 18 atletas, chegou à cidade canadense na manhã desta quarta-feira, no horário local, e de noite já encarou uma sessão de treinamento.

A Seleção Brasileira de judô passou os últimos cinco dias treinamento intensamente na cidade Lauro de Freitas, na região metropolitana de Salvador (BA). Visando a disputa do Pan-americano da modalidade, a equipe nacional volta a se reunir no dia 21 de abril para embarcar para o Canadá, palco da competição. Rosicléia Campos, técnica da equipe feminina, explicou como foi o período de preparação. 

Mais na web