Gazeta Esportiva

Com 2 gols de Calleri, São Paulo vence Coritiba e acirra disputa por vaga na Libertadores

Marcelo Baseggio - São Paulo,SP

20/10/22 | 21:55 - 20/10/22 | 22:12

O São Paulo conquistou uma importantíssima vitória na noite desta quinta-feira. Recebendo o Coritiba no Morumbi, em partida atrasada válida pela 29ª rodada do Campeonato Brasileiro, o time comandado por Rogério Ceni fez o dever de casa, superando o rival por 3 a 1, para acirrar a briga pela última vaga na Libertadores de 2023. Calleri (2) e Luciano balançaram as redes para o Tricolor. Matheus Cadorini fez o gol de honra para o Coxa.

Com o resultado, o São Paulo foi a 44 pontos, assumindo a décima colocação e ficando a apenas um tento do América-MG, que, em oitavo lugar, é o último integrante do G8, grupo que garante vaga na próxima edição do torneio continental.

Para, enfim, entrar no G8, o São Paulo precisará seguir vencendo seus jogos e contar com tropeços do América-MG e também do Fortaleza, que tem os mesmos 44 pontos do Tricolor, mas figura à frente na tabela por contar com mais vitórias no Brasileiro (12 contra 10). O Coritiba, por sua vez, segue flertando com a zona de rebaixamento, já que está estagnado nos 34 pontos.


O jogo

O São Paulo precisou de apenas dois minutos para abrir o placar. Nestor recebeu de Patrick pela direita, foi conduzindo a bola, invadiu a área e bateu cruzado, vendo a bola desviar em Calleri e morrer no fundo das redes. O Coritiba respondeu pouco depois com Boschilia, que soltou a bomba da entrada da área, mandando rente à trave.

O São Paulo manteve o domínio durante toda a etapa inicial, mas teve dificuldades para “matar o jogo” nas oportunidades que criou. Aos 24 minutos, por exemplo, Calleri saiu cara a cara com o goleiro, que fez a defesa em chute rasteiro do atacante argentino, que desperdiçou uma grande chance.

Pouco depois foi a vez de Pablo Maia bater forte de fora da área e ver a bola triscar a trave rival. Reinaldo também teve uma ótima oportunidade para ampliar, dominando cruzamento de Moreira, limpando a marcação dentro da área e batendo forte, mas mandou por cima do travessão.

Antes do intervalo, Luciano ainda chegou a balançar as redes ao receber nas costas da marcação, driblar o goleiro, bater na trave, mas ver a bola rebater na perna do zagueiro e entrar. O gol, porém, foi anulado por posição irregular do atacante são-paulino.

Segundo tempo

O Coritiba começou a etapa complementar mais ligado e por pouco não empatou logo aos dois minutos com Adrian Martinez, que completou de cabeça o cruzamento pela esquerda, obrigando Felipe Alves a fazer boa defesa.

Mas, passados os primeiros minutos, o São Paulo retomou o controle do jogo e seguiu chegando à meta adversária com naturalidade. Luciano até chegou a balançar as redes novamente, porém, mais uma vez teve seu gol anulado por posição irregular.

Mais tarde, após cobrança de lateral de Reinaldo e bate-rebate dentro da área, Léo bateu firme, obrigando Gabriel a fazer grande defesa. No rebote, Luciano cabeceou na trave. Mas, aos 18 minutos, não teve jeito. Patrick passou como quis pela marcação, chegou à linha de fundo e cruzou na cabeça de Calleri, que desta vez não desperdiçou, ampliando o placar para o São Paulo.

Com a vitória encaminhada, o Tricolor ficou ainda mais solto em campo e não demorou para chegar ao terceiro gol. Welington arrancou pela esquerda, deixando a marcação para trás e cruzou rasteiro no segundo pau para Luciano, que, enfim, marcou um gol legal ao dominar e tocar na saída do goleiro, garantindo o importante triunfo da equipe comandada por Rogério Ceni, cada vez mais forte na briga pela última vaga na Copa Libertadores.

Antes do apito final, o Coritiba ainda marcou seu gol de honra. Em cobrança de falta pela esquerda, Matheus Cadorini subiu mais alto que a defesa são-paulina e cabeceou no cantinho, sem chances para Felipe Alves, que se esticou todo, mas não conseguiu fazer a defesa.

FICHA TÉCNICASÃO PAULO 3 X 1 CORITIBA

Local: estádio do Morumbi, em São PauloData: 20 de outubro de 2022, quinta-feiraHorário: 20h (de Brasília)Árbitro: Braulio da Silva Machado (FIFA-SC)Assistentes: Eder Alexandre (SC) e Henrique Neu Ribeiro (SC)VAR: Wagner Reway (PB)
Público: 14.993 torcedores
Renda: R$ 589.522,00

Gols: Calleri, aos 2 do 1ºT e aos 18 do 2ºT, Luciano, aos 26 do 2ºT (São Paulo); Matheus Cadorini, aos 38 do 2ºT (Coritiba)
Cartões amarelos: Luizão, Luciano (São Paulo); Natanael, Chancellor, Diego, Bruno Gomes, Adrián Martínez (Coritiba)

SÃO PAULO: Felipe Alves; Rafinha, Léo e Luizão; Moreira (Igor Gomes), Pablo Maia (Luan), Nestor Galoppo), Patrick (André Anderson) e Reinaldo (Welington); Luciano e Calleri.Técnico: Rogério Ceni.

CORITIBA: Gabriel; Natanael (Matheus Alexandre), Chancellor, Luciano Castán e Rafael Santos (Diego); Trindade, Bruno Gomes e Boschilia (Regis); Martínez, Warley (Bernardo) e Fabrício Daniel (Matheus Cadorini).Técnico: Guto Ferreira.

 

Deixe seu comentário