Ceni justifica escalação de Rodriguinho e rasga elogios ao meia: "Tem um futuro brilhante"

São Paulo, SP

01/08/22 | 07:00

Em meio a uma série de lesões e uma maratona de jogos, o técnico Rogério Ceni vem buscando alternativas para escalar o São Paulo. Neste domingo, na derrota de 1 a 0 para o Athletico-PR, fora de casa, ele voltou a dar uma chance para o jovem Rodriguinho.

O garoto, no entanto, não foi tão bem na partida. Ele ficou em campo por apenas 45 minutos e deu lugar para Igor Gomes na volta do intervalo. Em entrevista coletiva, Rogério Ceni justificou a escalação do meia como titular e rasgou elogios ao atleta.

"O Rodriguinho é um jogador que vai jogar no São Paulo, escute o que estou falando. É talentoso e está sendo trabalhado. Hoje tinha a função de flutuar bastante, de dar superioridade no meio de campo. Errou alguns passes que não costuma errar nos treinos. Faz parte, mas achou boas bolas. Não tínhamos referência à frente. Deixamos marquinhos aberto, Nikão pela direita, ele flutuamos no meio. Tem futuro no São Paulo, acredito que terá mais oportunidades. Tem um futuro brilhante", disse.

No clube desde os dez anos, destaque na base e com passagens pelas seleções sub-15 e sub-17, Rodriguinho teve a sua primeira chance como titular no time principal.

O meia é o primeiro jogador formado em Cotia a ser relacionado pela primeira vez, estrear e marcar um gol na mesma ocasião, feito que alcançou na vitória de 4 a 1 sobre a Universidad Católica-CHI, no Morumbi, pela Sul-Americana.

Agora, o garoto espera receber mais uma chance na quarta-feira, quando o São Paulo recebe o Ceará, pela partida de idas das quartas de final da Sul-Americana. A bola rola no gramado do Morumbi a partir das 20h30 (de Brasília).


Deixe seu comentário