Torcida do Santos protesta contra Peres e cobra título do Brasileirão

José Victor Ligero - Santos,SP

09-06-2019 18:28:40


A torcida do Santos se dividiu entre gritos de apoio e de cobrança na chegada da delegação à Vila Belmiro, onde acontece o duelo com o Atlético-MG, neste domingo, às 19 horas (de Brasília), pela oitava rodada do Campeonato Brasileiro.

Principal organizada do Peixe, a Torcida Jovem comunicou na última sexta-feira que faria um protesto “antes, durante e depois” do jogo contra o Galo, mesmo rival que eliminou o time de Jorge Sampaoli da Copa do Brasil, na quinta, no Pacaembu.

Conforme prometido, a manifestação foi pacífica. Alguns torcedores deram tapas nas laterais do ônibus, mas não atiraram pedras ou outros objetos no veículo. Os santistas cantaram o hino do clube e gritaram “vamos ganhar, Santos”.

Após a entrada da delegação na Vila, porém, a Torcida Jovem se concentrou na lateral do estádio, onde fica o vestiário da equipe, e fez cobranças à diretoria e ao presidente José Carlos Peres.

“Diretoria, presta atenção! Eu quero time pra gritar é campeão”, “Não é mole, não! O Brasileiro virou obrigação” e “Ei, Peres! Presta atenção! Muito respeito com a camisa do Peixão” foram alguns dos cânticos entoados pela uniformizada para cobrar a diretoria.

Sob o comando de Sampaoli, o Santos foi eliminado na primeira fase da Copa Sul-Americana pelo modesto River Plate, do Uruguai, caiu para o arquirrival Corinthians nas semifinais do Campeonato Paulista e foi despachado pelo Atlético-MG nas oitavas de final da Copa do Brasil.

No Brasileirão, o Santos figura na quarta colocação, com 14 pontos, cinco a menos que o líder Palmeiras – que ainda tem os três pontos da vitória sobre o Botafogo em julgamento. No protesto, não houve críticas a nenhum jogador específico nem ao treinador argentino.

Deixe seu comentário


×
Quer receber notícias do Santos?