Futebol/Bastidores

Conheça Maurício Galiotte, sucessor de Nobre que será eleito neste sábado

São Paulo , SP
22/11/2016 17:51:17 — 22/11/2016 18:14:00

Em: Bastidores, Futebol, Palmeiras
Assim que assumir, Galiotte deverá lidar com renovação de Cuca (Foto: Sergio Barzaghi/Gazeta Press)
Assim que assumir, Galiotte deverá lidar com renovação de Cuca (Foto: Sergio Barzaghi/Gazeta Press)

Mesmo que o iminente título do Campeonato Brasileiro deste ano seja o que domine o pensamento de todo palmeirense, o Verdão mudará a chave para tratar de política. Neste sábado, das 10h às 19h, terá início a eleição presidencial do clube que deverá eleger Maurício Galiotte, candidato único, como sucessor de Paulo Nobre.

Com uma chapa formada pelos vices Genaro Marino Neto, Antonino Jesse Ribeiro, Victor Fruges e José Carlos Tomaselli, Galiotte faz parte do grupo político da situação do Palmeiras. Único inscrito para o pleito, o dirigente precisa receber 50% dos votos do clube para ser eleito. A posse do mandatário será no dia 15 de dezembro.

De origem italiana, Galiotte é sócio do Palmeiras desde 1978 e chegou a jogar nas categorias de base do clube. Aos 47 anos de idade, o futuro mandatário é formado em Administração de Empresas e faz parte da política do clube desde 2001, quando foi eleito como suplente para o Conselho Deliberativo. Três anos depois, assumiu o cargo de conselheiro efetivo na gestão de Mustafá Contursi. Também participou dos mandatos de Affonso Della Monica e de Luiz Gonzaga Belluzo. Desde 2013, é vice-presidente e braço direito de Paulo Nobre.

Apesar de só assumir efetivamente no meio de dezembro, Galiotte já é diretamente consultado sobre possíveis contratações para 2017. Assim que tomar posse, o mandatário já terá duas importantes missões: negociar as renovações de contrato de Alexandre Mattos, diretor de futebol, e Cuca, treinador.

Parte da atual gestão, acredita-se que Galiotte representará uma continuidade da gestão de Paulo Nobre. Dentro do clube, inclusive, fala-se sobre a possibilidade de Nobre continuar participando das tomadas de decisão do clube sobre reforços e questões administrativas.

Como funcionam as eleições

Realizada no dia 26 de novembro, as eleições no Palmeiras serão realizadas no ginásio do Palestra Itália. Apenas os sócios titulares com mais de três anos de clube, que estejam adimplentes e possuam ao menos 18 anos de idade podem votar.

Como a chapa de Galiotte concorre sozinha, a única possibilidade de ele não ser eleito é caso mais de 50% dos votos sejam brancos ou nulos. Nesse cenário, a eleição será anulada e outra Assembleia Geral será convocada nas 48 horas seguintes para a formação, em 15 dias, de novo pleito com a mesma chapa. Na hipótese de, ainda assim, Galiotte não conquistar a maioria dos votos, novas chapas seriam escolhidas.




×
Quer receber notícias do Palmeiras?