Futebol/Mercado

Com elenco diminuindo, Palmeiras cogita intervir por Scarpa e analisa o mercado

Bruno Calió - São Paulo , SP
13/06/2018 08:00:07

Em: Brasileiro Série A, Escolha do editor, Futebol, Mercado da bola, Palmeiras

Apontado por muitos como o melhor e mais vasto elenco do Brasil, o Palmeiras tem, na verdade, o plantel mais enxuto entre os grandes clubes paulistas e principais forças nacionais. Com as saídas de Tchê Tchê e Daniel Fuzato, Roger Machado conta agora com apenas 27 jogadores no plantel principal.

Assim, apesar de não tratar o assunto publicamente, a diretoria alviverde já cogita intervir na disputa jurídica de Gustavo Scarpa com o Fluminense. O meia sofreu consecutivas derrotas na justiça em âmbito estadual, no Rio de Janeiro, e até a última semana, um acordo com o Tricolor carioca não era visto como opção.

No entanto, pela necessidade de novas opções a Roger Machado, o Alviverde já cogita uma eventual negociação. A visão do clube é de que, se o processo não avançar positivamente durante a pausa da Copa do Mundo, terá que ser acelerado, até pelo crescente assédio do mercado internacional por atletas palestrinos.

Além de Tchê Tchê e João Pedro (que nem integrava o elenco), Victor Luis foi procurado pelo Porto, Dudu já recusou propostas milionárias este ano e segue recebendo sondagens. O caso mais próximo de se concretizar em venda, porém, é de Keno, pelo qual o Maior Campeão do Brasil recebeu oferta de 8 milhões de euros (R$ 34,4 milhões) do Al Nassr, da Arábia Saudita. O Palestra ainda exige uma oferta de ao menos 10 milhões de euros para negociar o atacante.

Por fim, por sua vez, o Verdão analisa o mercado internacional. Um zagueiro segue sendo desejo do clube desde a saída de Yerry Mina para o Barcelona. Alexandre Mattos procura uma opção de peso e viável para a zaga, mas ainda não obteve sucesso. Certo é que ao menos uma contratação será feita nesta janela de transferências.