Futebol/Campeonato Gaúcho

Em erro de Muriel, Juventude quebra invencibilidade do Inter

Do correspondente Vicente Fonseca - Caxias do Sul , RS -
08/03/2015 18:02:00

Em: Campeonato Gaúcho, Campeonatos, Campeonatos Estaduais, Futebol, Internacional, Juventude, Região Sul

O Juventude frustrou a estreia do argentino Lisandro López pelo Internacional. Em uma falha do goleiro Muriel, que cometeu um pênalti em Wallacer após dominar errado um recuo de bola, o Colorado perdeu sua invencibilidade no Gauchão ao levar 1 a 0 do Papo. Zulu converteu a penalidade e pôs o time da serra na liderança provisória da competição, com 17 pontos.

O Inter começou melhor, mas aos poucos foi perdendo o meio para o Juventude, que chegou ao gol na falha bisonha de Muriel. Mais ofensivo, o Colorado exerceu pressão no começo da etapa final, mas logo o jogo caiu de ritmo e a equipe da casa apenas administrou a vitória.

Com o resultado, o Juventude quebrou um tabu de 11 jogos, ou sete anos sem vencer o Inter, que acaba o jogo na 8ª posição, com 13 pontos. O Colorado joga agora na próxima quarta, diante do Aimoré, no Beira-Rio. Já o Papo visitará o União Frederiquense.

O jogo– O time misto do Internacional começou melhor no Alfredo Jaconi. A primeira boa chance ocorreu aos cinco minutos: Valdívia bateu escanteio no primeiro pau, Rodrigo Dourado desviou de cabeça e a zaga cortou quase sobre a linha, quando Lisandro López chegava para conferir. Aos nove, Alan Ruschel bateu por cima após contra-ataque. López teve sua primeira conclusão aos 11, mas Aírton defendeu.

O Juventude começou a equilibrar o jogo a partir da metade do primeiro tempo. A primeira oportunidade veio aos 20, com Zulu ganhando pelo alto e tirando tinta da trave de Muriel. Aos 21, Wallacer marcou gol de cabeça, mas a arbitragem anulou, alegando impedimento inexistente. A pressão seguiu na jogada seguinte, com Paulão impedindo que Zulu marcasse dentro da área.

Com reservas, Colorado não conseguiu manter invencibilidade contra o Juventude em Caxias
Com reservas, Colorado não conseguiu manter invencibilidade contra o Juventude em Caxias – Credito: Divulgação/Internacional

Aos 31, a pressão do Juventude enfim foi recompensada, em uma falha grotesca de Muriel: o goleiro do Inter recebeu recuo de Juan, mas dominou errado e perdeu para Wallacer, que levou um chute do goleiro colorado. Pênalti, convertido por Zulu: 1 a 0. O próprio Zulu perdeu boa chance aos 35, chutando por cima. Aos 44, foi Pereira quem salvou o Papo quando Jorge Henrique invadia a área.

Com Rafael Moura no lugar de Alisson Farias, o Inter voltou pressionando do intervalo. Primeiro, Valdívia foi bloqueado pela zaga na hora da definição. Na cobrança do escanteio, Alan Costa desviou de cabeça e Rafael Moura emendou um voleio na trave, perdendo ótima chance de empatar. O ímpeto inicial, porém, diminuiu, e o jogo voltou a ficar equilibrado.

Valdívia e Itaqui cobraram uma falta com perigo para cada lado, aos 21 e 22 minutos, respectivamente. A partida caiu bruscamente de ritmo. Uma das raras chances foi um chute de Luque brecado por Pereira, aos 36. O Colorado tentou impor pressão nos minutos finais, mas foi na base da bola levantada na área do que através de jogadas trabalhadas que levassem real perigo. Nem a expulsão de Jardel, aos 43, foi capaz de trazer ao time visitante um resultado melhor.