Sidcley 2020: Tempo parado na Ucrânia joga contra no retorno ao Corinthians

Tiago Salazar - São Paulo,SP

01-04-2020 05:00:18

Sidcley foi campeão Paulista com o Corinthians em 2018. Ficou pouco tempo, mas mostrou personalidade para preencher a lacuna então deixada por Guilherme Arana. A boa impressão fez o clube, também a pedido de Tiago Nunes, repatriar o lateral da Ucrânia. O problema é que as dificuldades no Dínamo de Kiev estão atrapalhando o plano de reagir na carreira nesta temporada de 2020.

Sidcley estreou pelo Corinthians contra a Ponte Preta, em Campinas, dia 30 de janeiro. Antes, sua última apresentação havia acontecido em 26 de maio de 2019, no leste europeu. O intervalo de oito meses explica bem a demora para o lateral corresponder à expectativa criada com sua contratação.

Além do desafio com a Macaca, Sidcley só atuou mais uma vez no Campeonato Paulista, e foi contra o Santos. Mesmo assim, Tiago Nunes escolheu o jogador de 26 anos para ser titular nos dois confrontos com o Guaraní-PAR, pela Copa Libertadores da América.

Segundo o Footstats, no Paulistão, em duas apresentações, ambas como titular, Sidcley conseguiu 4 passes para finalização, 3 desarmes, 2 chutes ao gol e trocou, em média, 49 passes, com 94.9% de aproveitamento neste quesito. Foram 5 cruzamentos, todos errados.

Na Libertadores, apesar de também iniciar os duelos, o lateral acabou substituído nas duas ocasiões. As atuações renderam 3 cruzamentos, de novo todos errados, 1 passe para finalização, 5 desarmes e uma média de 33 passes trocas, com acerto de 90.9% dos mesmos.

A eliminação corintiana no torneio continental coincidiu com a última apresentação de Sidcley pelo Corinthians. A titularidade foi perdida para Lucas Piton na sequência e, nos últimos jogos, Tiago Nunes optou até por Carlos no setor, antes tido como fora dos planos pelo treinador.

Sidcley garante que chegou ao Corinthians apenas dois quilos acima do peso e que seu grande desafio é superar a falta de ritmo, de tempo de bola e todos os reflexos causos pelo período de inatividade.

Com a paralisação do futebol devido ao coronavírus, Sidcley novamente pode ter o rendimento individual bastante afetado, mais do que a maior parte do elenco, devido ao histórico recente.

Com empréstimo apenas até dezembro, o lateral esquerdo terá de correr contra o tempo e surpreender, dessa vez positivamente, para reconquistar a confiança de todos e ganhar novas oportunidades. Do contrário, além de não ter a permanência cogitada, Sidcley pode deixar o clube paulista em baixa, bem diferente do que aconteceu em 2018.

SIDCLEY

Jogos pelo Corinthians: 32
Títulos: 1
Campeonato Paulista (2018)

Em 2020:

Jogos: 4
2 vitórias; 2 derrotas
Gol: 0
Cruzamentos: 8 (todos errados)
Cartões: 0
Desarmes: 8
Passes para finalização: 5


Deixe seu comentário


×
Quer receber notícias do Corinthians?