Corinthians não paga salários há 3 meses e espera dinheiro de Pedrinho para quitar tudo

Tiago Salazar - São Paulo,SP

08-06-2020 18:38:25

O Corinthians deve três meses em salários a jogadores do atual elenco e também àqueles emprestados e que recebem alguma quantia mensal do clube. Os pagamentos que deveriam cair na conta dos atletas em abril, maio e junho não foram depositados.

Andrés Sanchez está em seu último ano como presidente do Corinthians (Foto: Gazeta Press)

A informação foi publicada pelo Meu Timão. À Gazeta Esportiva, o Corinthians confirmou a situação. A expectativa do clube é receber o dinheiro da venda de Pedrinho nos próximos dias e usar a verba para acertar todas as pendências com os atletas e também com clubes, como o Montevidéu Wanderes, que acionou o time paulista na Fifa por não receber pela transferência de Bruno Méndez.

O Corinthians conseguiu o adiantamento do valor integral, que a princípio seria repassado pelo Benfica-POR em quatro anos. Pedrinho foi vendido por 20 milhões de euros, cerca de R$ 93 milhões na época da negociação e R$ 109 milhões na cotação atual. O Timão ficará com 70% deste valor.

No início de maio, a diretoria alvinegra chegou a um acordo com o elenco para reduzir 25% do salário previsto na CLT. Assim como praticamente todos os clubes do país, o Corinthians sofre com a queda de todas as receitas (patrocinadores, cotas de TV e bilheteria) por causa da paralisação do futebol em função da pandemia do coronavírus.

O atraso de três meses permite que jogadores acionem a Justiça para rescindir contratos de maneira unilateral e sem pagamento de multa. A situação é delicada, mas a diretoria alvinegra acredita que os atletas têm entendido o momento conturbado e especial do país e, por ora, espera que adote tal medida.

Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com

Deixe seu comentário


×
Quer receber notícias do Corinthians?