Com gol indicado ao Puskás, maior goleada do Corinthians na Arena completa quatro anos

São Paulo, SP

20-04-2020 19:00:53

Em 20 de abril de 2016 o time reserva do Corinthians deu um show na Arena. Já classificado para as oitavas de final da Libertadores, o Timão recebeu o Cobresal-CHI e goleou por 6 a 0.

A partida, válida pela última rodada da fase de grupos do torneio sul-americano, acabou marcada por dois motivos: a goleada foi a maior do time em seu novo estádio, e o gol de voleio de Marlone acabou concorrendo ao Prêmio Puskás da Fifa.


Marlone, duas vezes, Romero, duas vezes, Guilherme Arana e Elias balançaram a rede do Cobresal. Com o resultado, o Alvinegro fechou a fase de classificação na liderança do grupo 8, com 13 pontos.

Além da goleada, o terceiro gol do Timão ficaria eternizado na história da Arena. Aos 38 minutos do primeiro tempo, Luciano deixou de calcanhar para Edílson, que explorou o corredor pelo lado direito e cruzou em direção à entrada da área. Inspirado, Marlone dominou no peito e bateu de voleio no canto direito da meta chilena. Golaço.

O lance entrou para a seleção do Prêmio Puskás da Fifa em 2016, mas acabou perdendo para o tento de Mohd Faiz Subri, do Penang FA da Malásia, em partida contra o Pahang FC pelo campeonato local.

Deixe seu comentário