Futebol

Carille não esperava tanto reforço, prevê rodízio e admite preocupação com Racing

Tiago Salazar - São Paulo , SP
06/02/2019 14:59:35

Em: Campeonato Paulista, Copa do Brasil, Copa Sul-Americana, Corinthians, Escolha do editor, Futebol, Mercado da bola, Notícias

O Corinthians agiu forte no mercado, mais do que o próprio técnico esperava. Nessa quarta-feira, dia seguinte a apresentação do décimo reforço para a temporada 2019, Fábio Carille não escondeu sua surpresa com a ação da diretoria alvinegra e aproveitou para fazer um agradecimento público.

“Não (esperava). Quero deixar claro, agradecer o presidente Andrés Sanchez, o Duílio, o Edu Ferreira, o Dr. Kalil, o Alessandro, que iniciou tudo, o Vilson e o Emerson, que chegaram agora. Foi muito acima do que imaginei, muito acima do que eu esperava. Estou muito feliz mesmo. Está ficando uma equipe muito equilibrado, vai elevar o nível dos treinamentos, o que eleva o nível do time. A única questão mesmo é tempo para treinar, treinar, treinar, deixar todos com entendimento de jogo. Quero agradecer o Andrés, em nome de toda a diretoria, com possibilidade de mais chegada”, disse o treinador.

O clube ainda não desistiu de Guilherme Arana e está muito próximo de um acerto com o zagueiro uruguaio Bruno Méndez. Mas, Carille comentou apenas a chegada de Júnior Urso nessa quarta, volante que, pelas palavras do treinador, vem para ser titular.

“O Urso pisa a área, volante que anda, tem as características do Paulinho, do Elias, do Maycon, com mais força, chegada, não tão técnico como Paulinho, mas sabe o momento certo de romper as linhas. Em 2016 foi muito bem no Atlético-MG, vai nos acrescentar a equilibrar a equipe na questão ofensiva”.

Leia também:
Carille crava Gustagol titular, explica situação de Boselli e expõe plano tático
Resta só uma vaga de inscrição ao Corinthians para a 1ª fase do Paulistão
Presidente do Wanderers admite Bruno Méndez próximo do Timão
Morre ex-goleiro Jairo, ídolo de Corinthians e Coritiba

O elenco qualificado ajudará Fábio Carille nesse início de temporada tumultuado pelo excesso de jogos. Nessa quinta o time joga em Londrina (PR) pela Copa do Brasil, depois vai ao interior paulista enfrentar o Novorizontino no domingo, para quinta-feira quem vem receber o Racing pela Copa Sul-Americana, três dias antes do clássico com o São Paulo, de novo pelo Paulistão.

“Eu costumo trabalhar muito jogo a jogo, mas vai ser inevitável não ter trocas. Muito provável que em Novo Horizonte tenha trocas. Para mim, contra o Racing vai ser o maior desafio nesse início. O time está liderando o campeonato argentino, está no segundo turno, um campeonato que parou muito pouco em dezembro… Deixa para pensar depois, mas será o maior desafio nesse inicio”, explicou Fábio Carille.

O que você faria com a última vaga do Corinthians no Paulistão?




×
Quer receber notícias do Corinthians?