São Silvestre

Saiba os cuidados necessários na semana pré São Silvestre

André Garda - São Paulo , SP
03/12/2018 08:00:36

Em: Atletismo, São Silvestre

Com a 94ª edição da São Silvestre chegando, um dos principais cuidados que os participantes precisam ter para chegarem 100% no dia 31 de dezembro é reduzir a intensidade e o ritmo dos treinos. Valdir Camargo, treinador de corrida que tem uma equipe no Ipiranga, destaca que a preparação é feita nos meses anteriores à prova e que a última semana não irá ser o diferencial para um bom desempenho.

“Existe o ciclo de treinamento. Você treina, chega a um volume de treinamento e, quando chega na semana da prova, você reduz o volume de treino e a intensidade para o corpo sentir descansado e estar leve quando for correr. Um erro é chegar uma semana antes da prova e a pessoa querer fazer muito. Isso está totalmente errado”, declarou o treinador, que chegou a treinar com o técnico de Marílson Gomes dos Santos.

Veja também:

Vai correr a São Silvestre? Saiba como se preparar para a prova
Confira as dicas de alimentação e hidratação para a São Silvestre
Confira as dicas de material esportivo para correr a São Silvestre

Apesar da necessidade de não forçar, é importante que o atleta não pare completamente os treinamentos na última semana antes da prova. O principal motivo dessa decisão é evitar lesões de última hora.

“Os cuidados especiais (antes da prova) são diminuir o ritmo de treinamento, fazer um descanso ativo. Então tem que fazer a atividade física apenas para se manter ativo. Não pode relaxar completamente. O objetivo é evitar lesões. Também é importante a alimentação, evitando comidas gordurosas”, afirmou o Dr. Rafael Fonseca, ortopedista e diretor médico do Conselho Nacional de Boxe.

“Na última semana, o que tinha que ser feito já foi feito. É mais o descanso para chegar bem. Mas não pode parar de treinar, só diminuir o volume”, completou Valdir Camargo.

A nutricionista Bettina Reichenbach destacou a importância de se comer carboidratos na véspera da prova e também informou que uma das melhores decisões é não alterar a refeição dos dias que antecedem a São Silvestre.

“Na semana pré-prova, evite alimentos novos! Se alimentar dentro da rotina é mais seguro e há menores chances de qualquer intercorrência. Refeições balanceadas para manter o corpo com a quantidade de suprimento suficiente para os treinos da semana de prova, sem excessos e sem falta”, declarou.

“Na noite anterior à prova, o macarrão é sempre lembrado, mas o arroz e a batata podem ser uma boa alternativa também. Evitar as massas integrais e molhos muito gordurosos é melhor. O pesto ou sugo são boas alternativas para acompanhar o macarrão! E não esquecer da proteína, filé de frango ou peixe grelhado, por exemplo. Já no café da manhã, frutas ou suco de frutas, pão com aveia, ou mesmo branco, com queijo branco, patê de ricota ou guacamole, são opções. Em torno de uma hora antes da atividade para não gerar desconforto”.