Gazeta Esportiva

Seleção feminina se recupera e bate a China no Mundial de vôlei

São Paulo, SP

01/10/22 | 11:01 - 01/10/22 | 11:31

A Seleção Brasileira feminina de vôlei voltou a vencer na Liga Mundial. Neste sábado, a equipe derrotou a China por 3 sets a 1, com parciais de 23/25, 25/17, 25/22 e 25/22. O duelo pela última rodada da primeira fase foi disputado em Arnhem, na Holanda.

Apesar da vitória, as brasileiras encerram a primeira fase na segunda colocação do grupo D. Para terminar na liderança, o Brasil precisava vencer as chinesas por 3 a 0, o que não foi possível. Desta forma, é a China quem fica com a ponta, com os mesmos 12 pontos do time brasileiro.

As comandadas de José Roberto Guimarães já haviam conquistado a classificação após o triunfo sobre a Colômbia, na terceira rodada da primeira fase. Agora, aguardam os outros resultados da rodada para conhecerem suas adversária na próxima etapa. A equipe irá encarar os classificados do grupo A, onde Itália, Bélgica e Holanda já garantiram vaga. A seleção da China, por sua vez, conheceu sua primeira derrota no campeonato.


O jogo

As brasileiras pareciam nervosas no primeiro set, por conta da última derrota para o Japão, e não conseguiram equilibrar as ações. A equipe até melhorou no final do set, mas não foi o suficiente para evitar a vitória parcial da China.

No começo do segundo set, o Brasil passou a acertar o saque e chegou a abrir 12 a 5. No melhor set do time até aqui no Mundial, a Seleção foi agressiva e fechou o set em um sonoro 25 a 17 para igualar a partida.

O terceiro set foi equilibrado e ponto a ponto. Mas desta vez, sobressaiu a firmeza do Brasil, que tinha boa atuação em quase todos os fundamentos, com destaque para Tainara. No fim, 25 a 22 para as brasileiras.

Em mais um set apertado, a equipe brasileira só foi abrir boa vantagem na reta final. O ponto da vitória veio com Carol Gattaz, em pancada que decretou o triunfo e a reação da Seleção no torneio.

Deixe seu comentário