Mais Esportes/Handebol

Brasil perde para a Espanha no Mundial e tem sonho da semi encerrado

São Paulo , SP
21/01/2019 16:58:05 — 21/01/2019 17:07:36

Em: Handebol, Mais Esportes, Notícias
Apesar da derrota, a Seleção fez sua melhor campanha em Mundiais (Foto: Patrik STOLLARZ / AFP)

O sonho brasileiro no Mundial de handebol masculino chegou ao fim. Nesta segunda-feira, a Seleção teve uma atuação fraca, foi dominada pela Espanha em mais um duelo do Main Round e perdeu por 36 a 24 na Alemanha, dando fim a qualquer chance de classificação para as semifinais da competição.

Com o resultado, o Brasil segue com dois pontos, muda o foco e agora jogar para decidir sua posição entre os 12 melhores países. A equipe de Washington Nunes fecha sua participação no torneio, nesta quarta-feira, às 12h30 (de Brasília), quando encara a Islândia.

A Espanha, por sua vez, segue na luta para avançar e se credencia de vez como carrasca do Brasil em Mundiais. Na edição de 2017, os atuais campeões europeus eliminaram os brasileiros nas oitavas de final em duelo emocionante vencido por apenas um gol de diferença.

A derrota, contudo, não apaga a campanha histórica da Seleção. Pela primeira vez, o país garantiu presença no top 12, ou segunda fase do torneio, fechando a participação com seu melhor desempenho em Mundiais.

Veja também: Capitão da Seleção de handebol exalta feito inédito no Mundial

Depois de uma atuação irretocável no triunfo contra a Croácia, a Seleção parecia outra nesta segunda-feira. Com inúmeros erros ofensivos e defensivos, os comandados de Washigton Nunes foram inferiores a Espanha do início ao fim. Através dos contra-ataques, puxados por Solé e Arino, goleadores do jogo com seis gols cada, os europeus deslancharam no placar, fazendo 19 a 13 no primeiro tempo.

Pouco mudou na segunda etapa. Falhando muito no ataque e na defesa, o time brasileiro viu os adversários colocarem 10 tentos de supremacia. Na reta final, os espanhóis baixaram o ritmo, administram o jogo diante de um rival desesperado e fecharam o duelo com elásticos 36 a 24.

Veja também: Handebol masculino vence e alcança melhor posição da história em Mundiais