Volta de Michel Bastos ameaça sequência de Egídio no Palmeiras

Bruno Calió - São Paulo,SP

25-07-2017 08:00:33

A lateral-esquerda tem sido uma dor de cabeça para o técnico Cuca. Recentemente, o treinador admitiu que ainda não conseguiu definir sua equipe titular e o problema é acentuado na ala.

Nas últimas dez partidas, o Palmeiras já teve quatros jogadores diferentes na lateral-esquerda: Egídio, Michel Bastos, Juninho e Zé Roberto. Destes, quem teve a maior sequência foi Egídio, que atuou em seis partidas, contra duas de Juninho e uma dos restantes.

O camisa 6 do Verdão, no entanto, é bastante contestado pela torcida, que não vê em Egídio um atleta seguro para a posição, especialmente na marcação. O ala tem a confiança de Cuca, mas o treinador já afirmou que trabalha para ter Michel Bastos na função, que o próprio jogador já se dispôs a exercer.


Contra o Sport, na vitória do último domingo, na Arena Pernambuco, Michel Bastos esteve suspenso e Egídio foi o titular e deu assistência para Bruno Henrique abrir o placar em cobrança de escanteio. Já nesta quarta-feira, contra o Cruzeiro, pela volta das quartas de final da Copa do Brasil, ambos estarão à disposição, acirrando a competição por uma vaga.

As outras duas opções estão praticamente descartadas. Cuca já deixou claro que Zé Roberto só será utilizado como meio-campista, justamente pelas condições físicas do veterano de 43 anos. Já Juninho é visto pela comissão técnica como opção apenas para partidas em que o Palmeiras precisa adotar uma postura mais defensiva, diferente desta quarta-feira, quando terá que vencer a Raposa para avançar, ou empatar por 4 ou mais gols de diferença.

Leia mais:

Jean se vê pronto para sequência como titular e não define posição

Depois de atuar no Mineirão, a equipe volta para São Paulo depois de 10 dias viajando em sequência. A equipe foi para o Rio na última terça-feira (18) e só volta para casa na quinta-feira.

Deixe seu comentário