Futebol Internacional/Liga dos Campeões

Pochettino crê em vitória sobre o Borussia e confirma desfalque na lateral

São Paulo , SP
12/02/2019 15:33:50 — 12/02/2019 16:29:46

Em: Borussia Dortmund, Futebol, Futebol Internacional, Liga dos Campeões, Notícias, Tottenham

Depois de chegar às oitavas de final da Liga dos Campeões ao terminar a primeira fase na vice-liderança do Grupo B, o Tottenham volta a jogar pela competição nesta quarta-feira. Às 18 horas (de Brasília) em Wembley, em Londres, o clube inglês recebe o Borussia Dortmund, que liderou o Grupo A ficando à frente do Atlético de Madrid por saldo de gols.

Nesta terça-feira, em coletiva antes da partida, o técnico do Tottenham Mauricio Pochettino elogiou o líder do Campeonato Alemão, mas disse que espera uma vitória. “Vamos enfrentar um time no topo da tabela do e que vem jogando bem. Claro que será difícil, mas, com todo respeito à equipe com a qual vamos jogar, nós sempre acreditamos que podemos vencer qualquer um”, disse o argentino.

Pochettino acredita que o Tottenham pode vencer o jogo de ida (Foto: Divulgação/THFC)

Por outro lado, Pochettino confirmou que o lateral esquerdo Danny Rose não será titular diante do Borussia, mas será avaliado na manhã desta quarta-feira. “É impossível para ele começar como titular. Amanhã de manhã, antes do jogo, nós vamos avaliar se ele pode ficar no banco e ajudar o time se precisarmos”.

Com Rose descartado, a tendência é que Ben Davies seja titular da lateral esquerda do Tottenham. O galês é o único jogador de origem da posição no elenco à exceção de Rose. Outra opção para Pochettino é improvisar o zagueiro Jan Vertonghen na posição. Vertonghen, inclusive, se colocou à disposição para atuar na lateral.

Veja também:
Jogador esquece passaporte em casa e atrasa voo do Borussia para a Inglaterra
Tottenham e Borussia prometem o duelo mais equilibrado das oitavas da Champions

O Tottenham não teve vida fácil na fase de grupos da Liga dos Campeões e quase perdeu a vaga nas oitavas na última rodada. O clube de Londres empatou com o Barcelona na rodada decisiva e jogaria a Liga Europa se a Internazionale vencesse o PSV em Milão. No entanto, a partida no Giuseppe Meazza também acabou em empate, resultado que assegurou a vaga do Tottenham e eliminou a Inter.