Irlanda do Norte bate Ucrânia e conquista primeiros pontos na Euro

São Paulo, SP

16-06-2016 15:20:45

Gareth McAuley abriu o placar para a Irlanda do Norte, na vitória de 2 a 0 sobre a Ucrânia (Foto: Odd Andersen/AFP)
Gareth McAuley abriu o placar para a Irlanda do Norte, na vitória de 2 a 0 sobre a Ucrânia (Foto: Odd Andersen/AFP)

Após estrearem com derrota, Ucrânia e Irlanda do Norte se enfrentaram nesta quinta-feira, em Lyon, pela segunda rodada do Grupo C, buscando a primeira vitória na Eurocopa. Em uma partida muito disputada e com bastante barulho nas arquibancadas, os irlandeses venceram por 2 a 0.

De baixo de muita água – o jogo, inclusive, teve de ser paralisado aos 12 minutos do segundo tempo devido à chuva de granizo – a Irlanda do Norte conseguiu seus primeiros pontos na competição. A situação melhorou um pouco para a equipe que, no grupo que conta com Alemanha e Polônia, ainda pode se classificar.

Para a Ucrânia, a situação ficou complicada. Se quiser alguma chance de se classificar para a próxima fase, precisa, obrigatoriamente, vencer a Polônia na próxima terça-feira.

O jogo – A saída foi da Ucrânia, mas a primeira finalização veio do lado dos irlandeses. Logo aos três minutos, Dallas arriscou o chute, mas Pyatov caiu para fazer a defesa segura.

Os ucranianos desperdiçaram boas chances no início da partida. Aos cinco minutos, Konoplyanka cruzou, mas a bola passou sem desvio. Aos seis, Yarmolenko tentou novo cruzamento pela direita, mas, novamente, passou livre pela área.

À Irlanda do Norte restou tentar contra-ataques, já que a Ucrânia contou com maior posse de bola nos minutos corridos até então.

Aos 15, após corte da zaga irlandesa no cruzamento rasteiro de Shevchuk, Sydorchuk aproveitou a sobra, de fora da área. A bola saiu por cima do gol.

No minuto 24, uma bonita homenagem foi feita ao torcedor norte-irlandês que morreu na semana passada, após cair de uma plataforma, em Nice. O momento escolhido fez referência à idade que tinha o fã.

Apostando em cruzamentos, a Irlanda do Norte chegou muitas vezes com perigo à meta. A zaga ucraniana, apesar da pressão, trabalhou bem e afastou a bola.

Aos 34 minutos, Cathcart teve boa chance de abrir o placar para os irlandeses. Após cobrança de escanteio, o zagueiro cabeceou e a bola passou com muito perigo pelo ângulo esquerdo do goleiro Pyatov.

Pressionando bastante, a Irlanda do Norte criou as melhores oportunidades de marcar no primeiro tempo. Apesar do jogo truncado no meio de campo, a equipe de verde conseguiu furar a defesa ucraniana em busca da meta, fazendo o goleiro trabalhar.

A partida foi brevemente paralisada devido ao granizo que caiu sobre Lyon (Foto: Philippe Desmazes/AFP)
A partida foi brevemente paralisada devido ao granizo que caiu sobre Lyon (Foto: Philippe Desmazes/AFP)

As duas equipes voltaram concentradas do intervalo, cientes da importância da vitória. Em um ritmo de jogo mais acelerado, a Irlanda do Norte tomou a iniciativa.

Aos quatro minutos do segundo tempo, McAuley pulou alto, aproveitou a boa cobrança de falta e, de cabeça, abriu o placar para os irlandeses.

A Ucrânia, entretanto, logo reagiu, também na bola parada. Aos cinco, após precisa cobrança de falta de Konoplyanka, Seleznyov cabeceou para o gol, mas o goleiro McGovern estava muito bem posicionado e, em boa defesa, impediu o empate.

O gol, claramente, aumentou a intensidade de jogo dos ucranianos, que passaram a atacar mais.

Aos 12 minutos, a partida foi interrompida devido ao granizo que caía sobre Lyon. A pausa, entretanto, foi breve. Em poucos minutos as duas seleções retornaram ao campo para continuar a disputa.

Os ucranianos insistiram muito nas jogadas ofensivas, principalmente pelas laterais. Diante de uma Irlanda do Norte mais recuada, a Ucrânia tentou se impor, mas errou muito na pontaria. A equipe de amarelo não conseguiu finalizar bem suas jogadas, perdendo as chances de marcar.

Aos 26 minutos, Kovalenko desperdiçou bom lance para a Ucrânia. O atacante chutou da entrada da área, mas não pegou bem na bola e acabou mandando para fora, pela direita.

Nos minutos finais da partida, a Irlanda do Norte praticamente parou de atacar, e a Ucrânia forçou bastante no campo de ataque. Entretanto, apesar da dificuldade em chegar ao gol adversário, se defendeu bem.

Aos 43 minutos, entregando tudo de si para tentar reverter o placar, Yarmolenko chutou de fora de área, obrigando McGovern a fazer grande defesa.

Aos 51 minutos, McGinn colocou um ponto final definitivo na partida. No rebote do chute de Dallas, espalmado por Pyanov, o camisa 7 empurrou para o fundo do gol, finalizando o jogo.

FICHA TÉCNICA
UCRÂNIA 0 x 2 IRLANDA DO NORTE

Local: Estádio Parc Olímpico Lyon, em Lyon (França)
Data: 16 de junho de 2016, quinta-feira
Horário: 13 horas (de Brasília)
Árbitro: Pavel Královec (República Tcheca)
Assistentes: Roman Slysko (ESL) e Tomás Mokrusch (TCH)
Cartões amarelos: Seleznyov, Sydorchuk (Ucrânia); Jamie Ward, Dallas, Jonny Evans (Irlanda do Norte)
Gols: IRLANDA DO NORTE: McAuley, aos 4 minutos do segundo tempo; McGinn, aos 51 minutos do segundo tempo

UCRÂNIA: Pyatov; Fedetskiy, Khacheridi, Rakitskyi e Shevchuk; Yarmolenko, Sydorchuk (Garmash), Stepanenko e Konoplyanka; Kovalenko (Zinchenko) e Seleznyov (Zozulya)
Técnico: Mykhailo Fomenko

IRLANDA DO NORTE: McGovern; Hughes, Cathcart, McAuley e Jonny Evans; Jamie Ward (McGinn), Corry Evans (McNair), Steven Davis, Norwood e Dallas; Conor Washington (Magennis)
Técnico: Michael O’Neill

Deixe seu comentário