Copa Sul-Americana

×
| // - :

Junior Barranquilla será o rival do Atlético-PR na final da Copa Sul-Americana

30/11/2018 00:42:23

Em: Athletico-PR, Copa Sul-Americana, Futebol, Futebol Internacional, Notícias, Santa Fe-COL

O Junior Barranquilla confirmou seu favoritismo em cima do Santa Fe e garantiu vaga na grande final da Copa Sul-Americana. Depois de vencer em Bogotá por 2 a 0 no confronto de ida, o Junior voltou a se impor na noite dessa quinta-feira e fez a festa da sua torcida com um placar por 1 a 0, cravando uma superioridade de 3 a 0 no agregado.

A vitória no clássico colombiano credenciou o Junior Barranquilla a ser o adversário do Atlético-PR. Na quarta, o Furacão despachou o Fluminense e se manteve vivo na briga pela taça.

A primeira final está marcada para o dia 5 de dezembro, em Barranquilla. No dia 12 o campeão será conhecido na Arena da Baixada, em Curitiba. É a chance de um título inédito para ambas as equipes. O Junior, aliás, fará sua estreia em uma final de torneio internacional. Os rubro-negros, por outro lado, já foram vice da Libertadores, em 2005.

Teofilo Guitierrez marcou um gol, sofreu um pênalti e foi expulso (Foto: Luis Robayo / AFP)

A vantagem que já era grande ficou ainda maior para o Junior com apenas 23 minutos de jogo nessa quinta. Téo Gutiérrez aproveitou cruzamento e, de barriga, mandou para as redes. O VAR foi acionado e apontou posição legal do atacante.

Dez minutos depois, a estrela do Junior de novo foi protagonista ao sofrer pênalti. Arboleda puxou Téo pela camisa e deu aos mandantes e oportunidade de ampliar o placar. James, Sánchez, porém, parou na defesa do goleiro Solís.

Os torcedores do Atlético-PR, a essa altura, já estavam conformados com o rival que teriam pela frente. Mas, de repente, um lance certamente fez muitos brasileiros vibrarem em Curitiba. Téo Gutiérrez, grande nome e capitão do Junior Barranquilla, acertou uma cotovelada em seu marcado e foi expulso de forma direta. Assim, o experiente jogador já é desfalque certo para a primeira final.

No segundo tempo, com um jogador a mais, o Santa Fe até apertou mais, criou algumas chances, reclamou de um pênalti. A situação, porém, era bem controlada pelo Junior, até que Fluentes resolveu atrapalhar Arboleda em uma cobrança de lateral. O árbitro novamente não titubeou e mostrou o cartão vermelho.

Nem mesmo com dois jogadores a mais em campo o Santa Fe conseguiu reagir. Pior, ainda teve Rodríguez e Guastavino Bentancourt expulsos. Com menos problemas do que poderia imaginar, o Junior se defendeu e esperou até o apito final para comemorar a classificação.

 




Escalação
Ainda não há informações
Tec -
- Tec

Posse de bola

68%
32%
Corinthians
Santos
999
Corinthians

Passe

999
Santos
999
Corinthians

Finalização

999
Santos
999
Corinthians

Cruzamento

999
Santos
999
Corinthians

Desarme

999
Santos

Faltas

24
COR
×
15
SAN

Impedimentos

24
COR
×
15
SAN

Cartões amarelos

24
COR
×
15
SAN

Cartões vermelhos

24
COR
×
15
SAN

Estatísticas de jogadores

Corinthians

LAD
Fagner
LAD
Fagner
LAD
Fagner
LAD
Fagner
LAD
Fagner
LAD
Fagner

Santos

LAD
Fagner
LAD
Fagner
LAD
Fagner
LAD
Fagner
LAD
Fagner
LAD
Fagner
Estatísticas de jogadores