Futebol/Copa do Mundo Feminina

Holanda marca no fim e bate a Nova Zelândia na Copa do Mundo Feminina

São Paulo , SP
11/06/2019 13:34:50 — 11/06/2019 13:40:19

Em: Copa do Mundo Feminina, Futebol, Futebol Internacional
Roord marcou no final e deu a vitória para as holandesas (Foto: Loic Venance/AFP)

Pela rodada de estreia da Copa do Mundo feminina, nesta terça-feira, a Holanda bateu a Nova Zelândia por 1 a 0, no Estádio Oceáne, em La Havre, na França. Dominando a partida desde a primeira etapa, a laranja mecânica insistiu muito até marcar o gol da vitória apenas aos 46 minutos da segunda etapa.

O favoritismo era das holandesas, que começaram em cima desde os primeiros minutos. Ainda assim, quem levou mais perigo na etapa inicial foi a equipe da Nova Zelândia, com contra-ataques perigosos. No segundo tempo, a Holanda continuou em cima, dessa vez levando mais perigo. Depois de tanto insistir, o gol da vitória saiu já nos acréscimos.

Na próxima rodada, a ser realizada neste sábado, a Holanda enfrenta a seleção de Camarões, às 10h, no Estádio Valenciennes. Já a Nova Zelândia, no mesmo dia, encara o Canadá, às 16h.

O jogo – O time da Holanda parecia mostrar que faria o favoritismo valer desde os primeiros minutos. Tomando as ações do jogo, a equipe europeia rondava a área adversária. Apesar disso, quem foi mais efetivo nos ataques, levando mais perigo, foi a Nova Zelândia.

Logo aos 10 minutos, Chance aproveitou a falha na saída da zaga holandesa, roubou a bola e bateu firme. A bola encobriu a goleira van Veenendaal, mas explodiu no travessão. Aos 33, Gregorius puxou contra-ataque e serviu White, que chutou forte exigindo boa defesa da arqueira holandesa.

Na volta do intervalo, a Holanda continuou com a bola e dessa vez conseguiu transformar a posse em oportunidades claras. Martens recebeu de Miedema pela esquerda, aos oito, foi para cima da marcação e finalizou com perigo, mas a bola saiu pela linha de fundo.

As holandesas insistiam, levando perigo aos 14 e aos 20 minutos com Miedema, e aos 33 com van de Donk de cabeça. Depois de tanto “bater na trave”, a equipe foi recompensada já nos acréscimos, aos 46 minutos. Roord aproveitou a sobra depois do levantamento na área e tocou de cabeça para marcar e fazer a festa da Holanda.