Lyon acerta contratação de Jean Lucas, emprestado pelo Flamengo ao Santos

Lucas Musetti Perazolli - Santos , SP
19/06/2019 23:35:10 — 20/06/2019 10:57:29

Em: Bastidores, Brasileiro Série A, Escolha do editor, Flamengo, Futebol, Futebol Internacional, Lyon, Mercado da bola, Notícias, Santos
Jean Lucas vai para o Lyon (Foto: Twitter Oficial/Santos FC)

Jean Lucas, emprestado pelo Flamengo ao Santos até 31 de dezembro, foi contratado pelo Lyon (FRA). A negociação avançou nos últimos dias e foi concluída por 8 milhões de euros (R$ 34,7 mi).

O interesse dos franceses chegou ao conhecimento de Jorge Sampaoli na tarde da última quarta-feira. O técnico está preocupado e não gostou de saber que não havia valor de compra fixado no contrato de empréstimo.

Para piorar a situação, o Peixe não ganha nada pela “vitrine”. O Rubro-Negro imaginava negociar Jean apenas em dezembro por maior valorização, mas antecipou os planos por entender que a oferta foi satisfatória.

Juventus (ITA) e Valencia (ESP) monitoram Jean Lucas há alguns anos, mas não fizeram qualquer investida recente. Ao contratar o jogador, o Santos sabia do risco de perder durante o ano.

Jean Lucas tem 20 anos e rapidamente se firmou na equipe de Sampaoli. Foram 20 jogos na temporada, com uma assistência.

Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com




  • André Zanin

    Venderam muito barato. Sacanagem.

  • Jucelino Alves Dos Santos

    Tremendo pateta este presidente do Santos!!! Mais patetas ainda são os que o idolatram…

  • Ricardo Gomes da Silva

    O Peres já equiparou a Modesto, Odílio, Laor e Marcelo Teixeira nas péssimas negociações com jogadores.

    Inacreditável! Vendeu o Bruno Henrique a troco de bananas, verdes diga-se de passagem, e na hora que elas começam a amadurecer o Flamengo toma de volta as bananas!

    Em outras palavras, demos o Bruno Henrique e não ficamos com nada.

  • Ricardo Gomes da Silva

    Fora essa negociação estúpida, ainda tem a absurda compra do Cueva.

  • SFC – O Maior entre os maiores

    o santos não sabe fazer contratos nem de compra/empresta e muito menos de venda. Quando compra faz contratos com salarios altissimos, aceita tudo, fatia o percentual e o clube acaba pagando muito por pouco, e quando empresta aceita não incluir taxa de vitrine e muito menos valor fixado dos direitos… quando vendem é ainda mais desvantajoso, vejam os casos de bruno henrique e outros recentes…