Futebol/Série A

Jogando em casa, Galo volta a vacilar e fica só no empate com o Sport

Do correspondente Marcellus Madureira - Belo Horizonte, MG
21/06/2017 23:47:21

Em: Atlético-MG, Brasileiro Série A, Futebol, Sport

O Atlético Mineiro novamente não conseguiu usar a força do seu mando de campo e ficou apenas no empate, com o Sport, por 2 a 2, na noite desta quarta-feira, no Independência. O confronto válido pela 9ª rodada do Campeonato Brasileiro deixa o Galo próximo a zona de rebaixamento, com 10 pontos, na 16ª colocação, e o Leão dentro do Z4, com nove tentos somados.

A partida foi muito disputada. Em alguns momentos a força física e a vontade foram fundamentais para o duelo. Em outros, a inspiração tomou conta. Vale ressaltar, no entanto, que o futebol apresentado pelo Sport no Independência não é de um clube que vive com a turbulência da zona de rebaixamento. O Atlético, por sua vez, segue apresentando futebol questionável e não explica o investimento feito pela diretoria.

O Galo volta a campo no domingo, na Arena Condá, contra a Chapecoense. O Sport vai a Vila Belmiro, enfrentar o Santos, no sábado.

Galo e Sport empataram por 2 a 2 (Foto: Reprodução/Twitter)

Primeiro tempo – O inicio do primeiro tempo foi marcado muito mais pela transpiração do que inspiração. As equipes lutavam bastante. O Galo contava inicialmente com bastante nervosismo. Já o Sport era uma equipe que combatia bastante.

Aos 16 minutos, o Sport abriu o placar. Em uma jogada em velocidade na ponta esquerda, nenhum atleticano foi capaz de parar o adversário e o cruzamento na área aconteceu. O volante Rafael Carioca ainda teve a oportunidade de tirar a bola, mas a redonda insistiu em permanecer dentro da área. Osvaldo pegou o rebote e chutou, a bola desviou em Felipe Santana e tirou o goleiro Victor completamente da jogada.

O Galo, após sofrer o tento, passou a martelar em busca do empate. O resultado era péssimo e levava a equipe alvinegra para a zona de rebaixamento novamente, algo que não estava nos planos, sobretudo, após a vitória diante do São Paulo no fim de semana.

Aos 21, o Galo conseguiu. Isso porque aos 20, uma falta no atacante Fred, e Cazares foi para a cobrança e encontrou Felipe Santana. De costas, o zagueiro colocou no fundo das redes e deu a igualdade. O tento deixou a partida ainda melhor. O Sport seguiu atacando, da maneira que tinha feito anteriormente, enquanto o Galo também se animou e chegou até melhorar em campo. A partida tinha equilíbrio.

Aos 37, um lance que demostrou bem o que era a partida. O Galo tentou um ataque com Elias, pela direita, mas segurou a bola além do necessário e perdeu. A redonda foi para Diego Souza, na esquerda. Ele passou com gigantesca facilidade pelo lateral Alex Silva e colocou na área. O atacante André desviou de cabeça e a bola tirou tinta da trave.

Dois minutos depois, se André não teve capacidade de usar a cabeça para marcar, Fred teve a qualidade. Em cruzamento pela direita, novamente feito por Cazares, o camisa 9 atleticano colocou para o fundo das redes e deu vantagem para o Galo.

Segundo tempo – Na etapa complementar, o Sport voltou novamente batalhando bastante, principalmente porque estava atrás no placar. Já o Galo, porém, era mais inspirado. O técnico Roger Machado colocou Roger Bernardo na vaga de Ralph que estava amarelado.

Após os 10 minutos, a equipe alvinegra perdeu força em campo, não conseguia agredir mais e a troca da passes ficava mais complicada, já que o Sport, por sua vez, mostrava crescimento em campo. Aos 20, Diego Souza conseguiu o empate. Em cobrança de pênalti, cometido por Victor, o meia mandou para o fundo das redes.

No minuto seguinte ao gol, o Sport teve nova chance. Diego Souza tinha tempo para pensar e ele colocou Lins na cara do gol. O goleiro Victor saiu, mas contou com a sorte de o adversário não conseguir finalizar. Ao término da partida, restaram as vaias das arquibancadas e as lamentações dos atleticanos na noite fria de Belo Horizonte.

FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO-MG 2 X 2 SPORT

Local: Estádio Independência, em Belo Horizonte (MG)
Data: 21 de junho de 2017, quarta-feira
Horário: 21h45 (de Brasília)
Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (GO)
Assistentes: Fabricio Vilarinho da Silva (GO) e Leone Carvalho Rocha (GO)

Gols: Osvaldo, aos 16 minutos do primeiro tempo, Diego Souza, aos 20 minutos do segundo tempo (Sport); Felipe Santana, aos 21 minutos do primeiro tempo, Fred, aos 39 minutos do primeiro tempo (Atlético)
Cartões: Ralph, Fred (Atlético); Ronaldo (Sport)

ATLÉTICO-MG: Victor, Alex Silva, Felipe Santana, Léo Silva, Fábio Santos, Rafael Carioca, Elias (Otero), Ralph (Roger Bernardo), Cazares, Robinho (Luan) e Fred
Técnico: Roger Machado

SPORT: Magrão; Samuel Xavier, Durval, Ronaldo Alves e Sander; Patrick, Rithely, E.Felipe (Lenis) e Diego Souza; Osvaldo (Juninho) e André
Técnico: Vanderlei Luxemburgo