Jogador da Portuguesa morreu após sofrer uma congestão, diz polícia

São Paulo, SP

20-10-2016 23:10:17

A Polícia Civil de São Paulo constatou que Lucas Jesus dos Santos, jogador do time sub-17 da Portuguesa, morreu após sofrer uma asfixia aspirativa, conhecida como congestão. A informação foi confirmada ao jornal O Estado de S. Paulo pelo delegado Eder Pereira e Silva, titular do 12° Distrito Policial e responsável por investigar a morte do jovem de 16 anos.

O corpo do atleta foi encontrado nesta quinta-feira, submerso na piscina do complexo esportivo do Canindé, por um funcionário da Portuguesa. Lucas passou mal durante um churrasco que os jogadores do time sub-17 organizaram na quarta-feira. Eles comemoravam a classificação às quartas de final do Campeonato Paulista da categoria.

"Conversei por mais de uma hora com o médico legista. Chamou a atenção a quantidade de alimento encontrada no estômago dele", disse o delegado Silva, segundo o Estadão. A polícia descartou a possibilidade de homicídio após a autópsia não encontrar sinais de violência no corpo do jovem.

Lucas estava na piscina quando sentiu os primeiros sintomas da congestão. Ele seguiu para uma espreguiçadeira, mas retornou para a água por um motivo ainda desconhecido.

Segundo o delegado Silva, o corpo do jogador não foi encontrado durante a noite porque a água estava turva. As autoridades vão apurar se houve negligência na morte do jovem. "Por que ele comeu primeiro e foi para a piscina depois? Por que não fez o contrário? Não tinha ninguém para orientar?", indagou Silva.

Deixe seu comentário