Gazeta Esportiva

Peças-chave do Palmeiras têm queda no número de gols em relação a 2018

São Paulo, SP

23/12/19 | 08:00

Dudu marcou na temporada um gol a menos que em 2018 (Foto: SEP)

O ano de 2019 não foi bom para os torcedores do Palmeiras, que não puderam ver a equipe alviverde conquistar um título. E o desempenho do Verdão na temporada passa pela queda de rendimento de suas principais peças em relação a 2018, quando o time comandado por Felipão venceu o Campeonato Brasileiro. Nomes como Dudu, Bruno Henrique, Deyverson, Borja e Willian marcaram um número menor de gols em comparação ao ano passado.

Jogador fundamental do Palmeiras, o camisa 7 anotou 13 gols em 2019 e marcou um a mais na temporada anterior. A diferença de Bruno Henrique é maior, já que o volante registrou 16 gols em 2018 e dez neste ano. Deyverson passou de dez para oito, enquanto Borja, que recebeu menos chances em 2019, foi de 20 tentos para apenas seis.

Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com

O atacante Willian foi outro que teve uma grande diminuição na quantidade de bolas na rede, tendo marcado quatro vezes na temporada atual, contra 17 no último ano. No entanto, o jogador de 33 anos sofreu com lesões e ficou fora de combate em grande parte de 2019. O camisa 29 disputou 68 partidas em 2018 e entrou em campo apenas 28 vezes neste ano.

Mas se alguns dos principais nomes demonstraram uma queda, o meia Gustavo Scarpa melhorou suas estatísticas. Artilheiro da temporada ao lado de Dudu, o jogador de 25 anos passou de cinco gols para 13. O camisa 14, porém, teve mais oportunidades em 2019, já que no ano passado foi impedido de jogar em diversas partidas devido a questões judiciais envolvendo sua liberação do Fluminense.

Neste cenário, o Verdão conviveu com protestos de sua torcida na reta final da temporada por causa da falta de troféus. Querendo mudar a situação para 2020, o Palmeiras apresentou Vanderlei Luxemburgo como treinador para o lugar de Mano Menezes.


Deixe seu comentário