Felipão confirma recusa de Deyverson pela China e permanência no Palmeiras

Bruno Calió - São Paulo,SP

23-02-2019 21:54:19

Deyverson não vai para a China. Em entrevista coletiva após o clássico contra o Santos, o técnico Luiz Felipe Scolari revelou uma conversa com o centroavante, que deixou clara sua vontade de seguir no Palmeiras. Assim, o Verdão foi obrigado a recusar a oferta de R$65 milhões pelo atleta.

"O Palmeiras tinha a possibilidade e vender o Deyverson para a China por valores excelentes, mas quando eu conversei com ele, tive uma sensação agradável porque ele disse que não queria sair. ‘Palmeiras é o time que eu gosto, estou bem aqui e não desejo sair. O senhor quer que eu vá embora?' Eu disse: 'Tu cometes alguns exageros, mas és uma pessoa da minha confiança'. Ele me disse que não sai, eu gosto dele, todo mundo gosta, a torcida, os jogadores. Isso não inclui algumas coisas que ele fez. Mas ele vai permanecer", afirmou Scolari.


O Palmeiras detém 70% dos direitos econômicos de Deyverson. Em 2017, ele foi contratado junto ao Levante, da Espanha, por R$ 19 milhões bancados pela Crefisa. Por determinação da Justiça, o Alviverde terá de devolver o valor à patrocinadora e, após descontar também a parte dos espanhóis, o Maior Campeão do Brasil ficaria com R$ 25,8 milhões em caixa.

Há 15 dias, a Gazeta Esportiva noticiou que o Verdão estava insatisfeito com o atleta e topava negociá-lo em caso de clubes interessados. Depois da expulsão do centroavante na derrota para o Corinthians, no último Derby, o atleta foi punido pela diretoria em R$ 350 mil.

No momento, além do jogador que não poderá atuar antes da última rodada da fase de grupos do Campeonato Paulista por conta de punição do TJD, Arthur Cabral e Borja são as outras opções. O primeiro, porém, não está inscrito no Estadual.

Deyverson soma 18 gols em 66 jogos pelo Alviverde, mas também acumula polêmicas. São cinco expulsões vestindo o manto (média de uma a cada 13 partidas), sendo duas em Derbys. Além dos cartões, cenas de clara simulação, como contra o Sport, em Recife, e o choro com provocação e piscadinha diante do Corinthians são outros casos.

Deixe seu comentário


×
Quer receber notícias do Palmeiras?