Futebol

Juventus convoca presidente e vice para defesa e votação sobre impeachment

Tiago Salazar - São Paulo , SP
28/02/2018 08:00:00 — 28/02/2018 18:49:05

Em: Bastidores, Campeonato Paulista A2, Escolha do editor, Futebol, Juventus (Mooca), Notícias

O Conselho Deliberativo do Juventus convocou seus membros para uma reunião extraordinária que pode ficar marcada na história do tradicional clube da Mooca. Dia 12 de março (segunda-feira), o presidente Domingos Sanches e o vice-presidente Saulo Moisés Franciscon terão a oportunidade de se defender e também, assim como todos os conselheiros, de tomar ciência do parecer da Comissão de Sindicância do órgão sobre o processo de impeachment protocolado no início do mês.

Por meio de um representante legal, o mandatário juventino apresentou sua defesa por escrito em carta enviada ao Conselho Deliberativo no último dia 21, data limite para entrega do documento após a intimação formal. Imediatamente, a carta foi anexada ao processo na Comissão de Sindicância para análise.

No dia 12, tanto a CS quanto os gestores terão trinta minutos cada um para oratória em plenário. Passada essa fase, uma votação fechada será encaminhada pelo presidente do Conselho Deliberativo, Itamar Colombini Capano. Para se livrar do impeachment, Sanches precisa de dois terços ou mais dos votos.

O processo foi aberto no órgão fiscalizador do clube depois de reportagem produzida pela Gazeta Esportiva. Com posse de áudios e documentos, a publicação expôs os gestores em tentativa de burlar acordos contratuais com o objetivo de mascarar prejuízos. Desde então, Sanches e Saulo deixaram de prestar contas ao Conselho Deliberativo, apesar das insistentes solicitações de apresentação de contratos e planilhas de custos.

Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com