Corinthians pretende comprar 50% dos direitos de Ivan e ficar com Donelli

Tiago Salazar - São Paulo,SP

12-01-2022 15:19:58

O Corinthians está muito perto de concluir a contratação do goleiro Ivan, que pertence à Ponte Preta.

Em entrevista coletiva, o presidente corintiano Duilio Monteiro Alves admitiu que o clube deve desembolsar um valor para tirar o arqueiro de Campinas.

O mandatário também garantiu que não há qualquer risco na aquisição, apesar de todo o imbróglio envolvendo os acordos feitos pela Ponte Preta sobre eventuais valores que podem ser gerados com uma negociação.

"O Corinthians só fará o negócio se tiver segurança jurídica, sem dúvida nenhuma. O que existe de conversa entre Corinthians e Ponte Preta é para o Corinthians adquirir 50% dos direitos econômicos do goleiro. É isso que temos conversado, o departamento jurídico está atendo, não tem qualquer problema com o jogador. Existe um acordo, que não cabe a nós, uma negociação que a própria Ponte fez com um credor, nem consigo te dar detalhes, porque isso não cabe a nós. O que cabe é se o jogador tem condições, se foi registrado, se existe algum tipo de penhora, isso tudo foi levantado e não encontramos nenhum problema. No caso dele, o Corinthians estaria fazendo um investimento pequeno, mas estaria fazendo um investimento para adquirir 50% dos direitos, se o negócio sair", explicou Duilio, negando qualquer intenção em perder Matheus Donelli, goleiro de 19 anos que chegou a substituir Cássio durante a temporada 2021.


"Eu não sei dessa informação (Donelli querer sair), nem se o Ivan vai vir. Existe uma negociação, a gente entende que com saída do Caíque a gente pode melhorar o setor, apesar do Donelli ser um excelente goleiro, já mostrou isso e já jogou no profissional com muita segurança. A chegada de um novo goleiro não significa que o Donelli tem de sair ou vai ser terceiro, quarto goleiro. A disputa é aberta. Qualificando o elenco, como falamos de camisa 9, não é por isso que o Jô tem de sair. Futebol é elenco, não só o time. A gente entende que pelo ano, pela quantidade de campeonatos, com Copa em novembro, um mês a menos, o Corinthians pretende estar nas decisões. É um goleiro a mais, com ótimo nível, que se der certo, só fortalece o Corinthians".

"Não entendo como confusão. Se vier o Ivan, é um goleiro de Seleção, um grande goleiro, está reforçando o Corinthians. Temos o Cássio, que não temos o que falar, mas fortalecer o elenco é normal. Se der certo a negociação, o Ivan vai nos ajudar. E o Donelli vai brigar por posição com ele. Aqui, depende do rendimento. Se existe insatisfação do Donelli, não chegou a mim. Se existe, vai ser conversado. Ivan nem chegou e já estão negociando o Donelli. Esse tipo de coisa cansa".

 

Deixe seu comentário