Autor de cotovelada critica Neymar: "Precisa respeitar os adversários"

São Paulo, SP

08-10-2016 10:51:16

Em meio a cinco gols e belas jogadas, uma cena em particular marcou o duelo entre Brasil e Bolívia, quinta-feira, pelas Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo 2018. Neymar tentou aplicar um drible entre as pernas de Yasmani Duk, mas o boliviano impediu a jogada com uma cotovelada no rosto do craque, o que provocou muito sangramento. Neste sábado, o agressor mandou um recado ao jogador do Barcelona, mas deixou claro que o incidente não foi intencional.

“Para ser o melhor jogador do mundo, precisa deixar de ser peladeiro e respeitar os rivais”, disse Duk, insinuando que os dribles do brasileiro tinham como objetivo humilhar os adversários.


“Neymar estava provocando todos no jogo, mas minha intenção foi apenas cortar a jogada, como se deve fazer no futebol. Todo mundo sabe que esse esporte é assim mesmo. Já me quebraram o nariz e eu não disse nada. O futebol é um esporte de contato. Vou em direção a bola porque já havia lido a jogada. Ele queria me dar um rolinho, então abri o braço. Não me dei conta da cotovelada, nunca fui mal-intencionado, mas lamentavelmente foi assim que aconteceu”, completou o boliviano.

Leia mais:

Neymar posta foto ensanguentando em campo: “Só uma cicatriz de leve”

“Incansável”, Gabriel Jesus celebra gols com camisa 9 da Seleção

Contra a Bolívia, Neymar recebeu o terceiro cartão amarelo e não poderá enfrentar a Venezuela, nesta terça-feira, às 21h30 (de Brasília), em Mérida. Assim, o brasileiro só voltará a vestir a camisa amarelinha no dia 10 de novembro, em clássico contra a Argentina, no Mineirão.

Deixe seu comentário