Gazeta Esportiva |

Bronze em 2004, Vanderlei vibra após acender pira: “Recebi meu ouro”

Em Atletismo, Mais Esportes, Olimpíadas 2016, Olimpíadas Destaque
Atualizado em 06/08/2016 - 02:28:32 Compartilhe
São Paulo , SP
Vanderlei Cordeiro de Lima acendeu a pira olímpica, abrindo os Jogos do Rio ( Fabrice Coffrini/AFP)
Vanderlei Cordeiro de Lima acendeu a pira olímpica, abrindo os Jogos do Rio ( Fabrice Coffrini/AFP)

Após acender a pira olímpica e decretar a abertura dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, Vanderlei Cordeiro de Lima comparou o ato realizado na noite desta sexta-feira, no Maracanã, com a conquista de uma medalha de ouro em Jogos Olímpicos. Medalhista de bronze em Atenas 2004, o ex-fundista foi atrapalhado por um padre irlandês quando liderava a maratona na capital grega, perdeu o primeiro lugar, mas acabou em terceiro, no pódio.

“Eu acho que a medalha de ouro eu recebi hoje. A chance de viver essa emoção…foi a primeira vez que eu participei da abertura dos Jogos. A ficha está caindo. A Hortência acompanhou meus batimentos antes. Realmente foi emocionante, uma coisa que, na hora, a gente não tem dimensão. Isso foi único pra mim”, vibrou Vanderlei em entrevista à TV Globo.

Com 47 anos, o ex-atleta disse que a cerimônia de abertura representou bem o brasileiro, citando a capacidade de superação em momentos difíceis.

“Foi o maior reconhecimento que poderia ter recebido do meu País. Eu sempre acreditei no meu sonho. Isso que me motivou a continuar. É bem a representação do brasileiro: por mais que estejamos passando por uma situação difícil, acreditamos que podemos melhorar”, acrescentou, antes de explicar por que caminhou tão devagar antes de acender a pira.

“Na verdade, eu queria curtir ao máximo esse momento (risos). Muita felicidade e gratidão por estar participando deste momento”, concluiu.

Comente