Mais Esportes/Tênis

Bia Haddad “pega elevador” e sobe 13 posições no ranking da WTA

São Paulo , SP
25/09/2017 09:33:30

Em: Bastidores, Mais Esportes, Notícias, Tênis

A primeira participação de Bia Haddad em uma final de torneio WTA, em Seul, na Coreia do Sul, teve um início animador e um final não tão feliz assim. Apesar da derrota de virada para a letã Jelena Ostapenko, campeã de Roland Garros, e o vice-campeonato, a brasileira de 21 anos viu, de maneira oficial nesta segunda-feira, o ranking ser atualizado e ela subir 13 posições: agora, é a 58 do mundo, sua melhor marca pessoal.

Se for levar em consideração o desempenho da tenista desde o começo da temporada, os números são ainda mais surpreendentes: Haddad iniciou o ano na 184ª colocação no ranking geral – 126 posições de diferença para a atual -, disputando torneios pequenos na Austrália.

(Foto: Fernando Dantas/ Gazeta Press)

A letã Jelena Ostapenko, rival da brasileira na final deste domingo, manteve-se intacta como a décima melhor tenista do mundo. Garbiñe Muguruza sustentou-se no topo, e continuou acompanhada de Simona Halep e Elina Svitolina, segunda e terceira do mundo, respectivamente.

Na chave masculina também não houve mudanças entre os dez melhores. Rafael Nadal e Roger Federer, que atuaram juntos pela primeira vez neste domingo, em uma partida de exibição, seguem em primeiro e segundo colocados do ranking da ATP, respectivamente. Rogério Dutra Silva (74º), o Rogerinho, é o melhor brasileiro da atualidade.