Atletismo/Corrida Sargento Gonzaguinha

Após título em dia de treino, Conceição revela foco na São Silvestre

André Sender - São Paulo, SP - Brasil
08/12/2014 10:00:19

Em: Atletismo, Corrida Internacional de São Silvestre, Mais Esportes

Preparando-se para a Corrida Internacional de São Silvestre, a brasileira Conceição de Maria Carvalho tinha um treino de 15km programado para o fim de semana. Em vez de correr sozinha no sábado, resolveu participar da 48ª edição da Corrida Sargento Gonzaguinha, no domingo, e acabou levando o título.

Conceição venceu a prova encerrada na Escola de Educação Física da Polícia Militar com a marca de 55min55s, deixando Michele Cristina das Chagas na segunda colocação com o tempo de 56min46s. O pódio ainda teve Drielly Aparecida Nunes de Souza, que completou os 15km em São Paulo com 57min16s.

“Eu treinei normalmente durante toda a semana e teria uma atividade de ritmo no fim de semana. Resolvi prestigiar o evento para ver como era e fui muito bem. Ganhei com um bom tempo e liderei a prova desde o primeiro quilômetro”, comemorou Conceição, após sua vitória no domingo.

A Gonzaguinha foi apenas mais uma etapa na preparação da corredora de 39 anos de idade para a Corrida Internacional de São Silvestre. Sétima colocada da prova de 2006, vencida pela brasileira Lucélia Peres, ela trabalha há dois meses pensando no evento de 31 de dezembro.

Conceição de Maria Carvalho venceu a Sargento Gonzaguinha, preparação para a São Silvestre
Conceição de Maria Carvalho venceu a Sargento Gonzaguinha, preparação para a São Silvestre – Credito: Sergio Barzaghi/Gazeta Press

Diferentemente dos anos anteriores, ela abdicou de disputar o Circuito Brasileiro de Corridas de Rua até sua última etapa para chegar descansada à Corrida Internacional de São Silvestre. A atleta nacional também acabou desistindo de participar da Volta Internacional da Pampulha.

“Estou fazendo uma preparação específica para a São Silvestre. Nos últimos anos não cheguei inteira, estava sempre cansada, então agora espero melhorar meu tempo. Entre as dez primeiras acho que dá para chegar, sabendo que a prova é extremamente forte e tem muitas atletas estrangeiras também”, explicou a corredora.

A Corrida Internacional de São Silvestre não é vencida por uma atleta brasileira justamente desde 2006, em que Conceição de Maria Oliveira ficou na sétima colocação. Naquele ano, Lucélia Peres cruzou a linha de chegada na primeira posição. Desde então, apenas atletas africanas venceram em 31 de dezembro.