Boca Juniors

La Bombonera | 10/11/2018

Futebol/Libertadores da América

Último Boca x River na Libertadores foi suspenso por confusão com gás

São Paulo , SP
10/11/2018 08:00:45 — 11/11/2018 12:28:03

Em: Boca Juniors, Futebol, Futebol Internacional, Libertadores, River Plate
Gráfico: Gustavo Izus, Nicolas Ramallo, Maria-Cecilia Rezende/AFP

Boca Juniors e River Plate se enfrentam no jogo de ida da final da Libertadores da América neste domingo, às 17 horas (de Brasília), na Bombonera. Será o primeiro encontro entre os grandes rivais na competição desde 2015, quando os times disputaram um confronto que não chegou ao fim.

Os rivais se cruzaram nas oitavas de final da Libertadores. Na ocasião, o Boca Juniors era o favorito para avançar, já que tinha vencido todos os jogos da fase de grupos. Por outro lado, o River Plate fez a pior campanha da primeira fase e avançou com apenas uma vitória.

Apesar da diferença nas campanhas, foi o River que saiu na frente no confronto. No jogo de ida, no Monumental de Nuñez, os donos da casa venceram por 1 a 0 e levaram a decisão para La Bombonera com pequena vantagem.

Confusão com spray de pimenta causou a suspensão do último duelo entre Boca e River na Libertadores (Foto: Juan Mabromata/AFP)

Na casa do Boca Juniors, o River precisava de um empate para garantir vaga nas quartas de final e nem precisou jogar 90 minutos para conquistá-lo. Durante o intervalo, a torcida do Boca Juniors jogou spray de pimenta nos jogadores adversários quando estavam no túnel do vestiário. Alguns jogadores do River passaram mal por causa do gás, o jogo foi paralizado e, pouco depois, suspenso após 45 minutos.

Depois da suspensão do jogo, a Conmebol optou por desclassificar o Boca Juniors da competição e aplicar uma multa de 200 mil dólares ao clube. Melhor para o River Plate que, apesar de ter feito a pior campanha dentre os classificados para a fase final, superou Cruzeiro, Guaraní-PAR e Tigres-MEX para ser campeão da Libertadores de 2015.

Três anos depois, Boca Juniors e River Plate decidem a Libertadores em dois jogos que serão vistos pelo mundo todo. O primeiro confronto da decisão histórica será neste sábado, às 18 horas na Bombonera, enquanto o jogo de volta no Monumental de Nuñez será no dia 24, também um sábado, às 18 horas.

Veja também:

River nunca venceu o Boca na Bombonera pela Libertadores: veja o histórico

Benedetto superou Weverton e agora encara Armani, goleiro da seleção argentina

Ingressos para a final chegam a custar R$ 15 mil

Conheça a bola da final da Libertadores divulgada pela Conmebol