Futebol Internacional/Campeonato Inglês

Richarlison é decisivo e Everton vence Chelsea

São Paulo , SP
17/03/2019 15:57:39

Em: Chelsea, Futebol, Futebol Inglês, Futebol Internacional

Em partida válida pela 31ª rodada do Campeonato Inglês, o Chelsea viajou a Liverpool e foi derrotado pelo Everton por 2 a 0. O resultado foi ruim para os comandados por Maurizio Sarri, que buscam uma vaga para a Liga dos Campeões. O atacante brasileiro Richarlison fez o primeiro gol da partida e ainda sofreu o pênalti que originou o segundo, marcado por Sigurdsson.

Com o resultado, os Blues estacionaram nos 57 pontos, na sexta colocação. No momento, a equipe está apenas na zona de classificação para a Liga Europa. Já os Toffees subiram para a 11ª posição, com 40 pontos. Os dois times ficarão duas semanas sem entrar em campo por conta da data Fifa de amistosos das seleções. O Chelsea volta a atuar no dia 31, contra o Cardiff, fora de casa, enquanto o Everton visitará o West Ham no dia 30.

O jogo – O Chelsea iniciou a partida pressionando o Everton, cercando a área do adversário com muita posse de bola. A estratégia do time de Liverpool era claramente tentar encaixar um contra-ataque. Em menos de dez minutos, Eden Hazard construiu duas boas chances para os visitantes. Na primeira, os Blues trocaram bons passes até a bola chegar ao belga, que chutou na entrada da área e exigiu que Pickford fizesse boa defesa. Logo na sequência, o camisa 10 fez boa jogada individual e finalizou muito forte de longe. A bola explodiu na trave esquerda e saiu.

Depois, foi a vez de Higuain levar perigo. O centroavante argentino recebeu ótimo passe de Jorginho e tocou na saída de Pickford, porém Keane foi cirúrgico e tirou a bola em cima da linha para evitar o gol. Já nos últimos minutos primeira etapa, Pedro foi o protagonista. O espanhol finalizou à esquerda do gol após receber cruzamento rasteiro de Marcos Alonso e, logo na sequência, também levou perigo ao finalizar de fora da área, com a bola tirando tinta da trave.

Se no primeiro tempo o Everton não levou perigo, no segundo o time voltou com tudo. Primeiro, André Gomes chutou de fora da área e Kepa fez ótima defesa após boa jogada de Bernard. Logo na sequência, aos 4, Sigurdsson bateu escanteio da direita, Calvert-Lewin cabeceou para defesa do goleiro e, no rebote, Richarlison teve apenas o trabalho de tocar de cabeça pro gol.

O Chelsea pressionou após tomar o gol e quase empatou com Marcos Alonso, em finalização da entrada da área que passou à direita do gol. Em seguida, Kanté acionou Higuaín, que bateu muito forte de fora da área e exigiu que Pickford fizesse a defesa mais difícil do jogo.

O Everton, porém, foi mais eficiente e voltou a marcar. Richarlison levou um pisão de Marcos Alonso dentro da área e o árbitro assinalou o pênalti. Na cobrança, Sigurdsson chutou no lado direito e Kepa conseguiu defender, mas no rebote o islandês empurrou para o gol vazio e sacramentou o placar. Os Toffees ainda poderiam ter ampliado o marcador no final da partida com o atacante Calvert-Lewin, que recebeu de Sigurdsson e finalizou cruzado do lado esquerdo da área para boa intervenção de Kepa.