Jean Mota refuta 'zoações' e quer vice com o Santos: "Bom para todos"

Correspondente Vitor Anjos - Santos,SP

03-12-2017 08:00:33

Ficar com uma pequena fama de 'vice sempre' ou conquistar uma boa quantia em dinheiro? Para Jean Mota a resposta é bem simples: vencer o Avaí, neste domingo, às 17h (de Brasília), para terminar o Campeonato Brasileiro deixando o Santos na segunda colocação.

Atualmente na quarta colocação, com 62 pontos, o Peixe precisa bater o Leão e torcer por tropeços de Palmeiras e Grêmio contra Atlético-PR e Atlético-MG, respectivamente. Caso a combinação de resultados aconteça, o alvinegro terminará o torneio nacional com uma premiação de R$ 11,3 milhões.

Em contrapartida, os santistas podem virar 'alvo' dos rivais, afinal, a equipe de Vila Belmiro ficará com seu terceiro vice seguido em competições nacionais. Em 2015, o Peixe perdeu a final da Copa do Brasil para o Palmeiras. Já na última temporada, o rival alviverde ficou com o título do Brasileirão, enquanto o alvinegro terminou em segundo.

"Não tem essa (de 'zoações). A gente sempre briga para ficar no topo. Como o campeão já foi decidido, temos que terminar o campeonato na melhor posição possível. A questão financeira ajuda também, né. Sabemos que o valor é maior para o vice. E vai ser bom para todos nós do elenco também, que trabalhamos bastante durante o ano. Um vice-campeonato não será ruim", disse Jean Mota em entrevista exclusiva à Gazeta Esportiva.

O jogador de 24 anos era dúvida para o duelo contra o Avaí, pois sentiu dores nas costas na última quinta-feira. Porém, ele se recuperou no sábado e vai para o jogo. Meia de origem, Mota assumiu a lateral esquerda após a saída de Zeca, que entrou na Justiça contra o Peixe.

"Se for pra jogar eu topo qualquer uma das duas posições. Se tiver continuidade na lateral eu vou seguir tranquilamente. O importante é ajudar a equipe", concluiu o santista.

Deixe seu comentário