Gustavo Henrique torce por recuperação de Neto: "É um irmão"

Do correspondente Vitor Anjos - Santos,SP

30-11-2016 19:42:07

Em meio à tristeza que tomou conta do mundo com a tragédia que deixou 71 mortos na queda do avião que transportava a Chapecoense para Medellín, na Colômbia, uma ponta de esperança surgiu ainda na manhã da última terça-feira. Apesar do grave acidente, seis pessoas conseguiram ser resgatadas com vida. Entre elas estava Neto, ex-zagueiro do Santos. O jogador foi o último passageiro retirado vivo dos destroços e recebeu uma mensagem de apoio de um velho companheiro.

Após fazer um bom Campeonato Paulista em 2012, o defensor foi contratado pelo Peixe. Durante sua passagem pela Vila Belmiro, ele fez dupla de zaga com Gustavo Henrique e os dois viraram muito amigos dentro alvinegro. Tanto que o contato entre eles seguiu após a saída de Neto para a Chapecoense, em dezembro de 2014.

"O Neto é um irmãozaço que eu tive aqui no Santos. Não tem nem muito o que falar, é uma tristeza enorme. Conheço a esposa dele, os filhos dele. Até mesmo quando fui jogar em Chapecó, depois fomos comer uma pizza na casa dele. Não tenho muito o que falar, só orar muito para ele se recuperar. Logo mais vamos dar um abraço muito forte", afirmou o zagueiro santista, que recentemente passou por uma cirurgia de reconstrução do ligamento cruzado anterior do joelho esquerdo e só deve voltar aos gramados a partir de abril de 2017.

Neto está em situação estável no hospital colombiano San Juan de Dios, em Medellín. Ele passou por uma cirurgia para a colocação de drenos no tórax. O zagueiro ainda deve passar novas operações no joelho, mão, nariz e crânio.

“Houve tendência de recuperação importante nas últimas 12 horas. A circulação vem respondendo bem. Vamos esperar mais 48 horas para a verificar a recuperação”, disse o médico Juan Antonio Rodríguez, que vem acompanhando a situação do jogador.

Deixe seu comentário