Dorival ‘sugere’ que Santos tente trazer Ribéry, Totti e Yaya Touré

Santos , SP
19/12/2016 12:16:40 — 19/12/2016 13:40:11

Em: Bayern, Futebol, Manchester City, Mercado da bola, Notícias, Roma, Santos
Sonho impossível? Dorival sugere que Santos busque Ribéry para a próxima temporada (Foto: AFP PHOTO / CHRISTOF STACHE)
Sonho impossível? Dorival sugere que Santos busque Ribéry para 2017 (Foto: AFP PHOTO / CHRISTOF STACHE)

No final de novembro, o técnico Dorival Júnior surpreendeu a torcida do Santos ao sugerir a contratação do meia Schweinsteiger, do Manchester United. O alemão, porém, passou a receber novas oportunidades com o técnico José Mourinho e não deve sair da Inglaterra, frustrando o quase impossível sonho do santista. Agora, o treinador mira suas atenções a outros astros da Europa.

Mesmo sabendo da dificuldade em trazer atletas renomados no Velho Continente, o comandante do Peixe acredita em uma possível jogada de marketing e sugere que a diretoria tente trazer o francês Ribéry, o italiano Totti e o marfinense Yaya Touré.

“Trabalho com a realidade, mas tenho que alimentar a condição de ter a melhor equipe possível. Acho que isso fomenta uma ação de marketing, pode angariar novos sócios, um parceiro interessado na imagem do jogador. Isso é o lado saudável do futebol. Instigando e querendo mais e mais. Aí entra a diretoria querendo um novo nome, um cara que esteja em baixa e queira reviravolta na carreira”, explicou Dorival, em entrevista ao jornal Lance!

Após a sugestão do técnico, a diretoria do Santos até chegou a sondar a situação de Schweinsteiger. Porém, após saber que os salários do alemão giram em torno de R$ 4,5 milhões mensais, o alvinegro desistiu do negócio, entendendo que os vencimentos do meia estão totalmente fora da realidade do futebol brasileiro.

“Ribéry é um desses, poderia ser um nome. No Manchester City tem o Yaya Touré. Totti (Roma) é outro que se viesse atrairia a atenção de todos. Estamos discutindo alguns nomes, às vezes o próprio jogador procure um novo centro e esteja disposto a uma nova condição financeira”, concluiu Dorival.