Copa do Brasil

Vila Nova perde para o Bragantino-PA, mas avança na Copa do Brasil

São Paulo , SP
20/04/2019 17:56:52 — 20/04/2019 18:26:45

Em: Copa do Brasil, Futebol, Vila Nova-GO

Na tarde deste sábado, no estádio Mangueirão, em Belém, o Bragantino-PA venceu o Vila Nova por 2 a 1, pela Copa do Brasil. Porém, como havia perdido na ida pelo placar 2 a 0, em Goiânia, a vaga acabou ficando com o Tigre. Facundo Boné abriu o placar a favor dos visitantes, mas Marco Goiano e Paulo de Tarcio anotaram em favor dos donos da casa.

Com o resultado, o Vila vai encarar o Juventude na quarta fase do torneio. O primeiro jogo está marcado para quarta-feira, dia 24, no Alfredo Jaconi às 21h30 (horário de Brasília). O Tigre irá decidir sua sorte em casa, no dia 30 de abril.

Vila Nova está classificado para a quarta fase da Copa do Brasil (Foto: Reprodução/Twitter/Vila Nova)

O jogo – A partida mal havia começado e a vantagem do Vila Nova já tinha aumentado. No primeiro minuto de partida, em jogada pela direita, Juninho cruzou, Axel falhou na saída do gol e a bola sobrou para Boné, que só teve o trabalho de empurrar para as redes.

O Tigre seguia em cima, buscando mais um gol e por pouco não ampliou com Boné novamente. O atacante foi lançado, mas acabou parando em Axel. Na sequência, em levantamento da esquerda, Romário cortou antes que a bola chegasse em Rafael Silva.

Só aos nove minutos que o Bragantino atacou com relativo perigo. Marcio Goiano inverteu o jogo para Lukinha, que cruzou buscando Bruno Limão. Na finalização, o jogador acabou mandando por cima. Porém, quem mandava na partida era o Vila, que chegou mais uma vez de forma perigosa, mas Axel salvava.

Contudo, quem conseguiu o empate foi o Bragantino-PA. Aos 39 minutos, Marco Goiano cobrou falta com categoria, deixando tudo igual no primeiro tempo.

Todas as chances que foram criadas na etapa inicial, os times se precaveram mais no segundo tempo, e poucas jogadas de relativo perigo foram criadas. Até que o Bragantino-PA marcou com Paulo de Tarcio, após cruzamento de Marco Goiano. Porém, era tarde para reagir, e mesmo com a vitória por 2 a 1 dos mandantes, a vaga ficou com o time visitante.