Tunísia

Técnico da Tunísia pede desculpas à torcida e dispara: “Fomos ridículos”

São Paulo, SP

23-06-2018 13:24:42


O técnico Nabil Maaloul foi austero ao analisar a campanha da Tunísia na Copa do Mundo. A equipe africana, goleada pela Bélgica por 5 a 2 durante a manhã deste sábado, em Moscou, foi eliminada na fase de grupos com uma rodada de antecedência.

Com o resultado, a Tunísia segue sem marcar pontos na Rússia, já que perdeu para a Inglaterra por 2 a 1 na estreia, pelo Grupo G. O time africano tentará diminuir o prejuízo diante do Panamá, contra quem cumprirá tabela na próxima quinta-feira, em Saransk.

“Em nosso primeiro jogo fomos criticados por focar na defesa e não no ataque. Hoje somos criticados por nossos erros defensivos. Para mim, fomos ridículos considerando a pontuação. Perder de 5 a 2 é ridículo”, analisou o treinador.

Diante da favorita Bélgica, a Tunísia levou dois gols em 15 minutos, mas conseguiu descontar logo em seguida e esboçou uma reação. No entanto, com uma defesa muito frágil, voltou a cometer erros primários e acabou sofrendo a goleada.

“Como esperávamos, foi um jogo extremamente difícil. Desde o sorteio, sabíamos que a Bélgica seria um adversário extremamente complicado. Não devemos esquecer que os belgas são superiores”, reconheceu.

Maaloul, que levou a Tunísia ao Mundial após 12 anos de ausência, se emocionou e foi às lagrimas durante a execução do hino nacional de seu país antes da partida. Após o revés, ele se desculpou com os milhares de compatriotas que compareceram ao estádio.

“Gostaríamos de pedir desculpas à torcida tunisiana que foi numerosa no estádio. No entanto, fizemos o nosso melhor. Vamos nos esforçar para melhorar de desempenho no futuro”, concluiu.

Deixe seu comentário