Gazeta Esportiva

Sem reserva para Calleri, Ceni vem tentando adaptar Galoppo na posição

São Paulo, SP

21/01/23 | 18:00

O técnico Rogério Ceni já externou a necessidade de um substituto de Calleri para 2023. Sem um jogador com as mesmas características do atacante argentino, o treinador são-paulino, por enquanto, vem recorrendo a improvisações, como, por exemplo, o meia argentino Giuliano Galoppo.

Autor do gol da vitória de virada sobre a Ferroviária, na última quinta-feira, em Araraquara, Galoppo não exerceu a função de Jonathan Calleri, mas provou que pode ser útil mais próximo da meta rival pelo seu poder de finalização, além de outras características que fizeram Rogério Ceni a começar um trabalho de lapidação para que ele possa também ser uma espécie de “camisa 9”.

“Gostaria de um jogador que pudesse auxiliar o Calleri, para que ele não se desgastasse tanto. São peças que procuramos no mercado, com prioridade para a lateral esquerda. Precisamos de um jogador de referência, de área, para não ficar sem esse jogador em determinados momentos. Nos treinamentos eu tenho tentado adaptar o Galoppo também pelo bom cabeceio, finalização, para exercer a função”, revelou Rogério Ceni.


De fato, quando jogava no Banfield, da Argentina, Galoppo se destacou por balançar as redes com frequência, seja por baixo, com bons chutes, ou por cima, com bons cabeceios, já que tinha bastante liberdade para chegar de trás, aproveitando espaços nas defesas adversárias.

Contra a Ferroviária, Galoppo substituiu Wellington Rato no segundo tempo e atuou fora de função, aberto pela direita no ataque. Fato é que, pelo menos por enquanto, o argentino até está nos planos de Ceni, mas tem mais chances de atuar, por necessidade, improvisado do que na posição que o fez se destacar pelo Banfield.

Após um início difícil no São Paulo, Galoppo espera se firmar na equipe em 2023. O jogador argentino terminou a temporada passada marcando gol na goleada por 4 a 0 sobre o Goiás, pelo Campeonato Brasileiro, foi quem garantiu a vitória por 1 a 0 sobre o Guarani, no primeiro jogo-treino da pré-temporada e novamente deixou sua marca no duelo da última quinta-feira, contra a Ferroviária, pelo Paulistão.

Deixe seu comentário