São Paulo vence Fluminense de virada no Morumbis - Gazeta Esportiva - Muito além dos 90 minutos
São Paulo vira sobre o Fluminense pelo Brasileiro e vence a 1ª em casa com Zubeldía

São Paulo vira sobre o Fluminense pelo Brasileiro e vence a 1ª em casa com Zubeldía

Gazeta Esportiva

Por Marcelo Baseggio

13/05/2024 às 22:08

São Paulo, SP



O São Paulo segue invicto sob o comando de Luis Zubeldía. Nesta segunda-feira, o São Paulo recebeu o Fluminense, no Morumbis, pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro, e venceu, de virada, por 2 a 1, graças aos gols de Bobadilla e Arboleda. Keno abriu o placar para o Tricolor carioca.

Com o resultado, o Tricolor chegou à quinta vitória em seis jogos com Zubeldía à frente da equipe. Esse também foi o primeiro triunfo do treinador argentino no Morumbis. Chegando aos nove pontos, o São Paulo entrou no G6 do Campeonato Brasileiro, figurando agora na quinta colocação.

O Fluminense, por sua vez, perdeu a chance de sair da zona de rebaixamento e jogar o Corinthians para o grupo dos últimos quatro colocados, permanecendo em situação delicada na tabela.

O São Paulo volta a entrar em campo na próxima quinta-feira, contra o Barcelona de Guayaquil, no Morumbis, às 21h (de Brasília), pela penúltima rodada da fase de grupos da Libertadores. O Fluminense, por sua vez, encara o Cerro Porteño, no mesmo dia, mas às 19h (de Brasília), no Maracanã, também pelo torneio continental.










São Paulo domina o 1ºT

O São Paulo mandou no jogo no primeiro tempo. A primeira boa oportunidade criada pelo time comandado por Luis Zubeldía aconteceu aos 15 minutos, quando Igor Vinícius tabelou com André Silva e tocou para Luciano, que, por sua vez, acionou Rodrigo Nestor na entrada da área. O meio-campista são-paulino dominou e bateu forte, exigindo boa defesa de Fábio.

Logo na sequência, após cobrança de escanteio à meia altura, a bola passou por todo mundo e sobrou na entrada da área para Damián Bobadilla, que chegou batendo forte, de primeira, mas mandou por cima do gol.

Aos 19 minutos, Juan perdeu a primeira das várias grandes oportunidades que teve na etapa inicial. Fábio cometeu falha grave na saída de bola, entregando de bandeja para Rodrigo Nestor, que decidiu bater no contrapé do goleiro, mas o viu fazer a defesa. No rebote, praticamente na pequena área, Juan completou de cabeça, nas mãos do arqueiro do Fluminense, levando a torcida à loucura no Morumbis.

Juan teve outra chance de abrir o placar pouco depois. Desta vez, Bobadilla deu passe por elevação para o atacante completar de cabeça, encobrindo o goleiro Fábio e tirando tinta do travessão.

O festival de oportunidades desperdiçadas continuou. Igor Vinícius cobrou falta pela direita, e Alan Franco apareceu no primeiro pau, livre, para cabecear, mas mandou para fora. Sem conseguir ser eficiente, o São Paulo acabou castigado aos 29 minutos.

Fluminense abre o placar

Aos 29 minutos, Kauã Elias recebeu no meio, arrancou em direção à área e tocou para Keno, que, cara a cara com Rafael, tentou tirar do goleiro, viu a bola rebater em Igor Vinícius e morrer no fundo das redes, abrindo o placar para o Fluminense.

São Paulo empata o jogo

Fato é que a torcida do Fluminense mal teve tempo para comemorar. Aos 32 minutos Fábio errou ao tentar tocar a bola para Manoel, entregando para Juan, que tocou para Bobadilla completar para o fundo das redes, sem goleiro, e empatar o jogo para o São Paulo no Morumbis.

Antes do intervalo Juan ainda teve mais uma grande oportunidade para marcar. O atacante recebeu um lindo lançamento de Patryck e ia saindo cara a cara com o goleiro Fábio, mas acabou tocando com o braço na bola ao dominá-la, e o árbitro anulou a jogada.




Fernando Diniz é expulso

Nos acréscimos, Fernando Diniz se envolveu em uma confusão com o atacante Luciano e acabou sendo expulso por Anderson Daronco, enquanto o camisa 10 recebeu apenas cartão amarelo pelo entrevero.
Fluminense volta para o 2ºT com mudanças 


Sem Fernando Diniz à beira do campo, o Fluminense voltou para o segundo tempo com mudanças. John Kennedy e Felipe Andrade foram acionados nas vagas de Martinelli e Manoel, deixando o time visitante mais ofensivo. E foi justamente o Tricolor carioca que quase retomou a vantagem no placar aos nove minutos com Arias, que recebeu cruzamento e completou sem deixar a bola cair no chão, mandando por cima do gol.



São Paulo vira o jogo, mas VAR anula o lance


Mas, foi o São Paulo quem foi às redes, também após alterações – Erick, Rodriguinho e Galoppo entraram nas vagas de Juan, Nestor e Bobadilla, respectivamente. Aos 24 minutos, Galoppo fez o desarme dentro da área e tocou para Luciano, que bateu no cantinho, estufando as redes. O VAR, no entanto, sugeriu a revisão do lance por suposta falta do meia argentino ao recuperar a bola, e Anderson Daronco anulou o gol.

Arboleda garante a vitória para o São Paulo

Mas, de tanto insistir, o São Paulo acabou sendo premiado com o gol da virada aos 39 minutos. Após cobrança de escanteio pela direita, à meia altura, a bola passou por todo mundo e sobrou para Arboleda, dentro da pequena área, completar para o fundo das redes, garantindo mais uma vitória sob o comando de Luis Zubeldía.



FICHA TÉCNICA
SÃO PAULO 2 X 1 FLUMINENSE


Local: Morumbis, em São Paulo
Data: 13 de maio de 2024, segunda-feira
Horário: 20h (de Brasília)
Árbitro: Anderson Daronco (FIFA-RS)
Assistentes: Lucio Beiersdorf Flor (RS) e Tiago Kappes Diel (RS)
VAR: Pablo Ramon Pinheiro (VAR FIFA – RN)



Público: 39.515 torcedores.
Renda: R$ 2.103.391,00


Gols: Keno, aos 29 do 1ºT (Fluminense); Bobadilla, aos 32 do 1ºT, Arboleda, aos 38 do 2ºT (São Paulo)
Cartões amarelos:
Rodrigo Nestor, Alisson, Luciano, Igor Vinícius, Erick (São Paulo); Lima, Manoel, Alexsander (Fluminense)
Cartão vermelho: Fernando Diniz (Fluminense)


SÃO PAULO: Rafael; Igor Vinícius, Arboleda, Alan Franco e Patryck (Welington); Alisson, Bobadilla (Galoppo) e Nestor (Rodriguinho); Luciano, André Silva (Ferreirinha) e Juan (Erick).
Técnico: Luis Zubeldía.


FLUMINENSE: Fábio; Marquinhos, Manoel (Felipe Andrade), Antonio Carlos e Diogo Barbosa (Marcelo); Martinelli (John Kennedy), Alexsander e Lima; Jhon Arias, Keno (Guga) e Kauã Elias (Terans).
Técnico: Fernando Diniz.




Conteúdo Patrocinado