São Paulo vence Botafogo-SP e ocupa momentaneamente segunda colocação geral

São Paulo, SP

19/03/22 | 18:02 - 19/03/22 | 18:22

Já classificado para as quartas de final, o São Paulo recebeu o Botafogo-SP neste sábado, no Morumbi, e venceu por 2 a 1, em partida válida pela 12ª e última rodada da primeira fase do Campeonato Paulista.

A escalação mandada a campo foi alternativa. Rigoni marcou ainda no primeiro tempo, enquanto Nikão parou em Deivity em cobrança de pênalti, na etapa complementar. Jean Victor empatou logo depois, mas Luciano conseguiu colocar a equipe novamente à frente, dando os números finais da partida.

Com essa vitória, o Tricolor chegou aos 23 pontos e foi para a segunda colocação geral do Estadual, o que dá a vantagem de decidir em casa uma eventual semifinal. Neste domingo, porém, o Corinthians pode ultrapassar a equipe de Rogério Ceni por critérios de desempate se vencer o Novorizontino.

Na próxima terça-feira, o São Paulo encontra o São Bernardo, também no estádio do Morumbi, pelas quartas de final do Estadual. Lembrando: é jogo único. A partida acontecerá às 20h30 (de Brasília). Já o Pantera não conseguiu se classificar após o revés.


O jogo

Estudando o adversário, o São Paulo chegou ao gol logo aos cinco minutos. Rigoni, pela direita, pegou rebote de um corte da defesa e chutou cruzado. A bola não desviou e entrou direto no gol de Deivity.

Com bastante posse de bola, os donos da casa seguiram dominando as ações e atuando no seu campo ofensivo. Aos 21, em boa tabela de Patrick e Rigoni pela esquerda, a bola foi cruzada para trás e Calleri chutou para fora.

Aos 32, chance clara do Tricolor. Em cobrança de escanteio, bola foi lançada para Rigoni na entrada da área, que chutou mascado, e a sobra ficou com Arboleda, que chutou cruzado, mas ninguém chegou a tempo.

Pouco depois, Calleri partiu pela direita e, sozinho, tocou para Rigoni. Com o gol vazio, o camisa 7 mandou para fora. Novo lance de perigo aos 39, após cabeçada de, defendida pelo goleiro. Do outro lado, o Botafogo-SP não levou perigo em nenhum momento.

No retorno do intervalo, Talles, Luciano e Nikão entraram. O Tricolor seguiu atuando no campo de ataque, mas Thiago Couto apareceu em duas oportunidades e parou uma possível reação do Botafogo.

Aos 14 minutos, o VAR chamou o árbitro e foi confirmado um pênalti em cima de Talles, que foi derrubado dentro da área. Na cobrança, porém, Nikão teve cobrança defendida pelo goleiro. Aproveitando o momento, o Botafogo-SP partiu para o contra-ataque e Bruno Michel, tirando do goleiro, mandou na trave.

Pouco depois, aos 21, um bate-rebate aconteceu na área, e a bola sobrou para Jean Victor, que dominou um soltou uma bomba no canto esquerdo de Thiago, empatando a partida. Depois disso, a partida esfriou um pouco para os donos da casa, que não conseguiram encontrar espaços.

No entanto, já partindo para o final do jogo, Wellington cruzou da esquerda e Allison arriscou chute de primeira. Deivity defendeu, mas Luciano apareceu e colocou o Tricolor à frente de novo no placar.

FICHA TÉCNICA
SÃO PAULO 2 X 1 BOTAFOGO-SP

Local: Estádio do Morumbi, em São Paulo (SP)
Data: 19 de março de 2022 (sábado)
Horário: 16 horas (de Brasília)
Árbitro: Thiago Luis Scarascati
Assistentes: Luiz Alberto Andrini Nogueira e Daniel Luis Marques
VAR: Rafael Gomes Felix da Silva
GOLS: São Paulo: Rigoni, aos 5 minutos do 1º tempo, e Luciano, aos 40 do 2º tempo; Botafogo-SP: Jean Victor, aos 21 do 2º tempo.
Público: 21.827
Renda: R$ 645.566,00

SÃO PAULO: T. Couto; João Moreira, Arboleda, Miranda e Wellington; Nathan (Talles), Patrick (Luciano), Igor Gomes; Alisson, Rigoni (Juan) e Calleri (Nikão).
Técnico: Rogério Ceni.

BOTAFOGO-SP: Deivity; Marlon (João Lucas), Joseph, Joaquim Henrique e Jean Victor; Tárik, Emerson Santos, Fillipe Soutto; Bruno Michel, Matheus Carvalho (Tiago Reis) e Dudu (Mantuan).
Técnico: Leandro Zago.

Deixe seu comentário