São Paulo admite volta de Centurión e trabalha para renovar com Renan

José Victor Ligero - São Paulo , SP
26/07/2017 16:23:50 — 26/07/2017 18:01:05

Em: Brasileiro Série A, Futebol, Mercado da bola, São Paulo
Dirigente tricolor sinalizou com retorno do atacante Centurión (Foto: Sergio Barzaghi/Gazeta Press)

Após quase vender Ricardo Centurión para o italiano Genoa e depois ao Boca Juniors, o São Paulo já admite que pode ter o jogador de volta em seu plantel. A informação é do diretor-executivo de futebol Vinicius Pinotti, que concedeu entrevista coletiva nesta quarta-feira após apresentar o reforço do meia-atacante Marcos Guilherme.

“O Boca realmente desistiu do negócio e trabalhamos nesse caso. Ele está de férias. O Centurión segue sendo atleta nosso. Conforme for, volta para o São Paulo sem problema algum. Não temos muito o que falar disso, vamos trabalhar o mais quieto possível. Se voltar, vai render porque é um grande jogador. Só precisa ajustar o extracampo”, afirmou.

Dono de 70% dos direitos econômicos de Centurión, o São Paulo tem contrato com o atleta até 2019. Na última quinta-feira, o atacante havia realizado exames médicos na Itália. No entanto, diante de uma proposta ainda melhor do Boca, que ofereceu 4,2 milhões de dólares (cerca de R$ 13 milhões), ele voltou à Argentina para fechar com o clube de coração.

Mas, o que parecia o fim de uma novela ganhou novos episódios. E polêmicos. Na madrugada de sábado para domingo, Centurión se envolveu em uma briga em uma casa noturna de Buenos Aires, o que fez o clube de La Bombonera colocar novas cláusulas no contrato para se blindar de eventuais confusões do jogador, que ficou irritado com a situação, dando o negócio por encerrado.

“Não vou dizer se fiquei chateado com o Boca. Eu trabalhava com emoção na arquibancada. Aqui é negócio, gestão profissional. Não tem problema algum. O Centurión não teve férias, emendou temporadas. Retorna ao São Paulo daqui a 15 dias”, disse Pinotti, que emprestou R$ 13 milhões ao São Paulo para comprar Centurión em 2015, quando era diretor de marketing do clube.

Indagado sobre o processo de renovação com Renan Ribeiro, cujo contrato vai até maio de 2018, Pinotti revelou que as conversas pela extensão do vínculo foram iniciadas nesta quarta-feira e ainda aproveitou para reiterar que o São Paulo não procurou outro goleiro, apesar do recente interesse no corintiano Walter.

“Nunca houve tentativa de contratar outro goleiro. Nós nos reunimos com empresário do Renan hoje (quarta-feira) de manhã e o nosso interesse é renovar. O Renan é o nosso goleiro”, garantiu o dirigente.




  • Jose Da Silva Sauro

    SOBREANUS DA SEGUNDA DIVISÃO

    As bambizetes estão falidas, que tem que trazer esse perna de pau de novo?
    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

×
Quer receber notícias do São Paulo?