Raí diz que Cueva se arrependeu e o libera para enfrentar o Botafogo-SP

São Paulo , SP
02/02/2018 10:02:41 — 02/02/2018 11:52:27

Em: Campeonato Paulista, Escolha do editor, Futebol, São Paulo
Após ato de indisciplina, Cueva volta a ficar à disposição no São Paulo (Foto: Fernando Dantas/Gazeta Press)

O São Paulo comunicou na manhã desta sexta-feira que liberou o meia Christian Cueva e o disponibilizou ao técnico Dorival Júnior. O peruano, portanto, poderá enfrentar o Botafogo-SP, neste sábado, às 17 horas (de Brasília), no Morumbi, pela quinta rodada do Campeonato Paulista.

O camisa 10 do Tricolor ficou dez dias afastado da agenda de compromissos do time em razão do episódio em que pediu para não jogar contra o Mirassol insatisfeito com sua condição de reserva na ocasião e diante de uma proposta do Al-Hilal, da Arábia Saudita.

Além do confronto com o Mirassol, vencido pelo Tricolor por 2 a 0, Cueva desfalcou a equipe na derrota por 2 a 1 para o Corinthians e no triunfo por 1 a 0 sobre o Madureira. Em comunicado oficial, o diretor-executivo de futebol Raí afirmou que “Cueva demonstrou comportamento exemplar nos treinos durante esse período, manifestou arrependimento e também o desejo de voltar a defender o São Paulo”.

Em entrevista coletiva concedida na última segunda-feira, Raí disse que teve uma conversa “olho no olho” com o peruano, que foi repreendido e multado no salário. “Depois de conversas diretas com o atleta e consultas à comissão técnica e a seus companheiros, a diretoria concluiu que ele é merecedor de uma nova chance de demonstrar seu comprometimento”, concluiu Raí em nota publicada no site do clube.

No treino desta sexta-feira, contudo, o técnico Dorival Júnior ensaiou o time titular para o duelo com o Botafogo sem Cueva, que iniciará no banco de reservas. Com quatro pontos ganhos, o São Paulo ocupa o segundo lugar do Grupo B do Estadual, atrás da Ponte Preta (6).