Futebol/Bastidores

Nenê, Jucilei e B. Peres são liberados para negociarem saída do São Paulo

Marcelo Baseggio - São Paulo , SP
24/06/2019 17:54:41 — 24/06/2019 17:57:11

Em: Bastidores, Escolha do editor, Futebol, São Paulo

Nenê, Jucilei e Bruno Peres não se reapresentaram ao São Paulo nesta segunda-feira, dia do primeiro treino da equipe após a folga de nove dias. O trio foi liberado pela diretoria do clube para buscar novos times para atuar, processo que faz parte da reformulação que o técnico Cuca pretende fazer à frente do Tricolor.

Apesar da liberação, Nenê, Jucilei e Bruno Peres podem ser reintegrados à rotina de trabalho do elenco caso as conversas para saírem do São Paulo não avancem. Por ora, o objetivo da diretoria tricolor é que eles não façam mais parte do plantel.

De vice-artilheiro em 2018, Nenê passou a ser opção no banco de reservas (Foto: Sergio Barzaghi/Gazeta Press)

Neste ano, Nenê já teve seu nome vinculado a três clubes diferentes: Fortaleza, Fluminense e Goiás, mas as questões financeiras foram o principal obstáculo para que as tratativas se concretizassem. Embora tenha perdido o posto de titular com a chegada de Hernanes e a ascensão de Igor Gomes, o camisa 10 é o principal garçom da equipe na atual temporada, com cinco assistências.

Com contrato somente até o final deste ano, Nenê pode assinar um pré-contrato com qualquer outra equipe a partir do dia 1 de julho. Segundo o diretor de futebol do São Paulo, Raí, ele analisa propostas de clubes brasileiros e também de clubes estrangeiros.

Jucilei tem um dos salários mais altos do elenco (Foto: Djalma Vassão/Gazeta Press)

Já a situação de Jucilei é ainda mais complicada. O volante tem contrato com o São Paulo até 2021 e teria de contar com algum clube que estivesse interessado em compra-lo do Tricolor. No ano passado, o camisa 8 foi um dos pilares da equipe de Diego Aguirre, no entanto, não conseguiu manter o desempenho na atual temporada.

Titular com Jardine, Bruno Peres não correspondeu às expectativas no Tricolor (Foto: Djalma Vassão/Gazeta Press)

Bruno Peres, por sua vez, tem contrato de empréstimo com o São Paulo até o final do ano. O lateral-direito, que pertence à Roma, muitas vezes sequer foi relacionado para as partidas e viu Hudson ser improvisado na posição ao invés de ser o escolhido para assumir o posto. Veículos turcos colocam o jogador próximo do Besiktas, da Turquia.

Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com




  • Dario Alves

    Boa TRICOLOR manda embora quem é encostado e só recebe sem oferecer o minino de esforço ao SPFC e aproveita a limpa e manda a diretoria embora tbm , haja visto que eles sao os responsaveis por essas contrataçoes inuteis, chega de amadorismo antes de contratar jogador com longos contratos tem que avaliar o jogador por desempenho , tem fazer esses caras cimerem gramas primeiro antes de qualquer contrato, nas empresas sao assim vc tem 90 dias para mostrar se vc merece ter seu vinculo estendido, ou seja para ser em difinitivo primeiro vc tem q mostrar a que veio

  • Chico Guru

    Pelo jeito o Cuca vai ser o último a apagar o luz no quase falido tricolor. Tadinho gente, o chupaulo já foi um time grande , hj é só pó hehehe

×
Quer receber notícias do São Paulo?