Empresário avisa que Gilberto não deverá renovar com São Paulo

José Victor Ligero - São Paulo,SP

16-08-2017 15:10:01

Provável titular no domingo, Gilberto ficará no São Paulo só até o fim do ano (Foto: Marcelo Ferrelli/Gazeta Press)

A passagem de Gilberto pelo São Paulo deve acabar mesmo no fim do ano. O centroavante cumprirá seu contrato até 31 de dezembro e depois ficará livre para assinar com outro clube.

“O Gilberto já comunicou a direção que não vai renovar. A decisão foi tomada por ele”, afirmou o empresário do jogador, Sandro Zardo, em rápido contato por telefone com a Gazeta Esportiva, nesta quarta-feira.

Na última terça-feira, conforme apurou a reportagem, houve uma reunião entre Gilberto, seu agente e dirigentes tricolores no CCT da Barra Funda, onde nem sequer foram discutidos valores de salários nem tempo de contrato de uma eventual renovação.

A negativa em permanecer no clube do Morumbi se deve à falta de perspectiva do atacante em figurar no time titular de Dorival Júnior, que prefere a Lucas Pratto. No entanto, há a possibilidade de uma reviravolta na situação, caso Gilberto passe a receber mais chances.

“Se eu te falar que foi uma decisão 100%, impossível de mudar, é mentira minha. É possível que mude. Pode ser que ele vire titular, que a diretoria faça alguma coisa, pode ser que várias coisas aconteçam e ele renove. Tudo pode acontecer no futebol", explicou Zardo. "Mas, a decisão que foi passada é que ele não renovará, até para a diretoria se planejar para o ano que vem”, ponderou.

Enquanto a renovação parece distante, Gilberto provavelmente começará entre os titulares do São Paulo no duelo com o Avaí, neste domingo, na Ressacada, pela 21ª rodada do Campeonato Brasileiro, em razão da suspensão do argentino para o próximo jogo.

No São Paulo desde julho do ano passado, o atleta nascido em Piranhas, no estado de Alagoas, chegou de graça após rescindir contrato com o Chicago Fire, dos Estados Unidos. Em 2016, ele sofreu com problemas físicos e marcou apenas dois gols com a camisa tricolor, ambos anotados já na reta final da temporada, quando o time não brigava por mais nada.

Em 2017, porém, o atacante finalmente se destacou, sobretudo no começo da temporada, sob o comando de Rogério Ceni. Empatado com o concorrente Pratto, Gilberto é o artilheiro do time no ano, com 12 gols, em 28 partidas. Ele ainda soma cinco assistências, contra três do colega argentino, que já disputou 33 jogos pelo São Paulo.

Deixe seu comentário